ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em atitude heroica, caminhoneiro gaúcho coloca caminhão no meio do fogo para salvar filho de amigo


Uma colisão entre caminhões envolveu três moradores de Rosário do Sul/RS e deixou uma pessoa morta (morador de Pinheiro Machado/RS), em Piratini/RS, na noite de segunda-feira (5). Em ato heroico, um dos caminhoneiros que sobreviveu colocou sua própria carreta no meio do fogo para salvar a vida do filho de um colega, que era carona e ficou preso nas ferragens. Os três foram encaminhados para o hospital de Piratini. O pai do rapaz também lutava para livrar o filho das ferragens.

Conforme a PRF, o acidente ocorreu por volta de 22 horas, no km 65 da BR 293, em Piratini, na região sul do RS. O caminhão da vítima que morreu teria invadido a pista contrária e colidido de frente na carreta onde estavam pai (Hegon Quevedo) e filho (Lucas). Após a colisão, os caminhões pegaram fogo. Com o impacto, o motorista e pai do garoto foi jogado para fora do caminhão, mas não teve ferimentos.

Já o jovem rosariense ficou preso às ferragens. O pai seguia tentando tirá-lo, foi então que o caminhoneiro e amigo da família, Edson Carneiro Alves, que vinha logo em seguida com seu Bitrem, teve a atitude de ingressar no sinistro com o veículo que dirigia, até onde estava o caminhão para tirar o filho do amigo das ferragens.

Conforme as primeiras informações apuradas pela Gazeta de Rosário, foi utilizando um equipamento, conhecido como “cinta”, que foram amarradas na porta, desentortando parte da cabine e retirando o jovem das ferragens. Houve perda total nos três veículos. A vítima que morreu foi identificada como João José Rosa, de 51 anos, morador de Pinheiro Machado, que estava no outro caminhão. 



Fonte: Gazeta de Rosário