ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Globo inicia estudos para venda da gravadora Som Livre


Nesta quarta-feira (18), a Globo informou que iniciou os estudos para a venda da gravadora Som livre. De acordo com a empresa, a medida faz parte de uma estratégia de atuação focada no modelo direto ao consumidor (D2C).

Nesse modelo, a empresa é a responsável por controlar todos as etapas de produção e distribuição de conteúdo.

Em nota, o presidente executivo da Globo, Jorge Nóbrega, informou que a gravadora é um negócio “extremamente sólido e rentável”.

– A música continua muito importante no portfólio da Globo, mas acreditamos que é um bom momento para sairmos do negócio tradicional de gravadora e nos concentrarmos na estratégia D2C – explicou.

A Som Livre foi fundada em 1969 com o objetivo, de acordo com a Globo, de “elaborar as trilhas sonoras das produções da” emissora.

Segundo o colunista Leo Dias, do portal Metrópoles, uma das interessadas na aquisição da gravadora é a Belive, líder mundial em distribuição musical digital.



Fonte: Michel Teixeira