ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Produtores catarinense apostam na produção de morango semi-hidropônico


Em Santa Catarina, os pés de morango estão saindo do chão. O cultivo em túneis baixos, que demanda maior mão de obra e cuidados com pragas e doenças, vem dando espaço ao sistema semi-hidropônico, em bancadas suspensas. Mais fácil de manejar, adequado para pequenas áreas e com alta densidade econômica, esse modelo de cultivo é uma boa opção para a agricultura familiar.


As vantagens de tirar as plantas do solo são várias, mas a principal não tem a ver com o morango, e sim com o produtor, como, por exemplo, o conforto de trabalhar em pé, ao abrigo da chuva e da umidade. Com o antigo sistema os produtores tinham muitos problemas, como dor na coluna. Com o manejo facilitado, a redução de mão de obra é de 30% a 40% em comparação às mesmas tarefas executadas em campo.


Nas plantas, que ficam protegidas das intempéries, abrigadas da umidade e mais arejadas, a incidência de pragas e doenças é significativamente menor. Em uma cultura que já é famosa pela contaminação com produtos químicos, a queda na aplicação de agrotóxicos pode chegar a 80%. Como há menor incidência de doenças, o uso de agrotóxicos pode ser reduzido ou substituído por práticas culturais, uso de agentes de controle biológico e produtos alternativos, sem afetar a rentabilidade, melhorando a qualidade nutricional da fruta.

As diferenças do sistema semi-hidropônico em relação ao cultivo no solo começam pela estrutura. Dentro de um abrigo protegido por lona plástica, são construídas bancadas, com cerca de 70 centímetros de altura onde ficam os sacos plásticos preenchidos com substrato onde as mudas são plantadas.


Conforme a Epagri, 800 produtores catarinenses colheram 8,6 mil toneladas de morango em 254 hectares na safra 2017/18. O Valor Bruto de Produção (VBP) alcançou R$15,92 milhões. A produção está distribuída por todo o Estado e o interesse na cultura vem aumentando devido ao rápido retorno econômico. Em 2019, a Epagri assistiu 2,9 mil famílias em produção de morango.

Fonte e fotos: Epagri