ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Família agradece apoio nas buscas por Betão


Familiares de Neivanir Alberto Morelatto, o Betão, ainda consternados com o seu falecimento, encontraram forças para agradecer quem ajudou nas buscas. Betão não retornou para casa na última quinta-feira, 8, e foi encontrado apenas no fim da manhã de sexta-feira, 10, após ter sofrido um acidente na SC 350 entre Água Doce e Caçador.

“A família agradece aos amigos, Polícia Militar, PPT, P2, Polícias de Videira, equipe da Cidasc e todos que contribuíram nas buscas, que fizeram orações, que enviaram energias positivas, aos veículos de comunicação que foram muito importantes na divulgação. Enfim, a cada pessoa que nos mandou mensagem de conforto, cada abraço”.

"Não temos como agradecer a todos, mas saibam que toda a ajuda foi de suma importância para nós e ficamos extremamente agradecidos com tamanho carinho recebido nesses últimos dias", enfatizam Jakeline, Norberto e Iolda Morelatto.


Betão era funcionário da Cidasc e trabalhava no posto de fiscalização na BR 153 em Água Doce. Na quinta-feira, 8, ele não retornou para Caçador, onde morava.

As buscas mobilizaram várias forças de segurança e voluntários. Até o fim da manhã de sexta-feira quando um caminhoneiro viu parte do carro de Betão capotado no meio do mato, cerca de 15 metros de distância da estrada.

A hipótese mais provável é que ele tenha dormido ao volante ou sofrido um mal súbito, pois não havia marca de freada no asfalto.
Fonte: Caçador Online