ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Trio suspeito de render e assaltar família em Nova Erechim é preso em Chapecó

Sete assaltantes participaram do crime; Além dos três, dois estão foragidos, um morreu e outro é menor de idade




Três pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (4), em Chapecó. Segundo a Polícia Civil, o trio foi indiciado por roubo a uma residência – que aconteceu no dia 2 de abril deste ano, na Linha Seca, interior de Nova Erechim. Na ocasião, sete assaltantes armados entraram na casa, renderam a família. Os assaltantes roubaram vários objetos, como veículos, computadores e celulares. No momento do crime havia oito pessoas na casa, entre elas uma criança de apenas 4 anos.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação, que iniciou sem qualquer suspeito, conseguiu, após mais de 4 meses, identificar os sete envolvidos no roubo. Os investigadores apuraram que quase todos os suspeitos eram de Chapecó – seis adultos e um menor de idade.

Os adultos, segundo a Polícia Civil, tem idades entre 21 e 34 anos. Eles foram indiciados por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. Dos seis, um morreu após um confronto com a Polícia Militar, durante uma tentativa de arrombamento a uma agência bancária, que aconteceu no dia 11 de abril.

O Delegado responsável pela investigação pediu a prisão preventiva dos outros cinco. Após manifestação favorável Ministério Público, o Poder Judiciário decretou a prisão de todos eles, que são réus em Ação Penal. Três foram presos durante o cumprimento de mandado de prisão, nesta manhã. Outros dois estão foragidos.


Materiais recuperados

A Polícia Civil informou que desde o crime, foram devolvidos às vítimas os dois veículos roubados, um celular, dois perfumes, óculos e dois fornos.


A investigação, que foi realizada por policiais civis de Nova Erechim e Pinhalzinho, contou com o apoio das equipes de Saudades, Bom Jesus do Oeste, Chapecó, Itajaí e também do GAECO de São Miguel do Oeste. Foram realizadas várias diligências em Chapecó, em Itajaí e no Paraná.




Fonte e foto: ClicRDC