ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Programa Nascer: Jovens desenvolvem plataforma online para aluguel de consultórios aos profissionais da saúde


Depois de passar por quatro ou cinco anos em um curso de graduação, os profissionais da saúde encaram outro desafio no começo da carreira: montar um consultório e comprar equipamentos. Realizar esse sonho exige investimento, nem sempre possível para um recém-formado. Para facilitar a vida de quem está entrando agora no mercado, uma equipe de Joinville está criando uma plataforma online para os interessados em alugar um espaço para atender os pacientes.

Segundo a coordenadora do projeto, Pamela da Silva Leopoldino, o plano é tornar a plataforma Coliga uma ponte entre os profissionais da saúde que precisam de um espaço para trabalhar e os consultórios que têm interesse em alugar parte da estrutura. A ideia surgiu em 2019, durante um evento destinado a startups. “Notamos que era uma dor de cabeça para os profissionais que estão no início da carreira poder investir numa sala”, conta.

O projeto de Pamela é um dos 150 aprovados na primeira edição do Programa Nascer de pré-incubação de ideias, desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) em parceria com o Sebrae/SC. Nessa segunda edição, são 164 selecionados. Os participantes têm acesso gratuito a mentorias, workshops e palestras com profissionais que são referência no mercado.

Com essa instrução, os novos empreendedores serão capazes de transformar uma ideia em uma empresa viável. “O programa Nascer está sendo um divisor de águas para Coliga, estamos criando grandes conexões com pessoas incríveis que estão nos auxiliando a tornar essa ideia um negócio”, comenta Pamela.

Segundo o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, um dos objetivos do Programa Nascer é capacitar estes empreendedores que possuem ideias e vontade de empreender para que estruturem seu modelo de negócio. “Assim, quando surgirem oportunidades de mercado ou mesmo de fomento, eles estarão preparados”, destaca.

A gerente de Tecnologia e Inovação, Gabriela Mager, explica que o Programa Nascer, da Fapesc em parceria com Sebrae/SC, busca criar a cultura do empreendedorismo, selecionando propostas inovadoras que terão o apoio para que as ideias saiam do papel e se tornem uma realidade. “O programa se estrutura a partir da metodologia TXM para incubação de negócios, e é executado pelo Cocreation Lab. É o primeiro passo para quem tem um projeto inovador, mas não sabe como transformá-lo em negócio. Durante o período de incubação no Nascer, todo o apoio é dado para aprender a iniciar e gerir um negócio”, comenta.

Já o professor Luiz Salomão Ribas Gomez, criador da ferramenta TXM e idealizador dos espaços de pré-incubação Cocreation Lab, defende articulação da idea da Coliga com as demandas atuais. “Além de inovador, o projeto é importante nesse momento de democratização do acesso ao ensino superior, facilitando o ingresso de recém-formados no mercado de trabalho”, completa.

Após passar pela pré-incubação e com o projeto pronto, Pamela e os sócios Juliano Hallal, Luciana Araújo, Andres Berte e André Santiago querem agora desenvolver a plataforma e começar a conectar pessoas, a começar pela cidade deles, Joinville. O foco do grupo agora é de buscar recursos para tornar a Coliga um grande negócio.

Incentivo a novas ideias

O Programa Nascer já ajudou a transformar 150 ideias em negócios viáveis. Agora, começa uma segunda edição em que os 164 grupos participantes receberão gratuitamente todo suporte para que possam transformar uma ideia em uma empresa, gerando emprego e renda.

Os selecionados passarão por mentoria em 15 cidades catarinenses: Blumenau, Brusque, Caçador, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joaçaba, Jaraguá do Sul, Itajaí, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Bento do Sul, Tubarão, Videira.

A lista dos aprovados já está disponível no site da Fapesc. O resultado final será publicado em 11 de setembro.





Acesse as notícias do Tílias News no Telegram.


Fonte: Michel Teixeira