ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Presidente da AstraZeneca afirma que voluntária de vacina teve sintomas neurológicos


O presidente da farmacêutica AstraZeneca, Pascal Soriot, disse nesta quarta-feira (9), em uma reunião com investidores, que os testes com a vacina contra a Covid-19 foram pausados depois que uma voluntária apresentou sintomas que podem estar vinculados a uma inflamação rara da medula, conhecida como mielite transversa. A informação foi divulgada pelo site STAT, que é especializado em saúde e ligado ao jornal americano "Boston Globe".

Na terça-feira (8), o site STAT foi o primeiro a divulgar a suspensão dos testes, notícia que depois foi confirmada pelos desenvolvedores da vacina e por autoridades.

De acordo com o STAT, na reunião com investidores o presidente Pascal Soriot afirmou que, apesar dos sintomas, o diagnóstico de mielite transversa na paciente ainda não foi confirmado. Ele também disse que a voluntária está melhorando e provavelmente terá alta do hospital nesta quarta.

Após a publicação da reportagem, a agência de notícias Reuters divulgou posicionamento da AstraZeneca que reafirma que o diagnóstico do quadro da voluntária ainda está pendente e que, portanto, é incorreto relacionar a suspensão dos testes da vacina a um caso de mielite.

Ainda segundo o STAT, as declarações do presidente da AstraZeneca foram confirmadas por três investidores que participaram da mesma reunião por telefone. 



Fonte: G1