ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Moradores de cidade atingida por 'ciclone-bomba' recebem autorização para sacar FGTS


Moradores de Blumenau, no Vale do Itajaí, que tiveram prejuízos por causa do "ciclone-bomba", que atingiu o estado em 30 de junho, poderão sacar parte do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para ajudar na recuperação dos estragos. O município fez o pedido ao governo federal e a liberação foi confirmada pela Caixa Econômica Federal na terça-feira (8).

Podem fazer o chamado saque-calamidade os moradores que registraram ocorrência de danos junto à Secretaria Municipal de Defesa Civil quando aconteceu o ciclone. Eles poderão solicitar o dinheiro no próprio aplicativo do FGTS, sem precisar ir a uma agência bancária. Cada morador poderá sacar até R$ 6.220.

Por causa do ciclone-bomba, o município decretou situação de emergência. Segundo a Defesa Civil de Blumenau, foram cerca de 150 áreas afetadas. No total, mais de 120 mil moradores da cidade foram atingidos. Além de propriedades particulares, a chuva e os fortes ventos causaram estragos também em unidades de saúde, escolas e em outros locais que prestam serviços à comunidade.

A Prefeitura de Blumenau informou que o valor para recuperação de espaços públicos e privados por causa do ciclone chegou a R$ 6 milhões.

O fenômeno atingiu Santa Catarina em 30 de junho e madrugada de 1º de julho, causando a morte de 11 pessoas e de outras três durante a reconstrução dos imóveis, de acordo com o relatório da Defesa Civil. O governo estadual decretou calamidade pública em razão dos danos, que causaram também prejuízos financeiros de R$ 588, 3 milhões à agricultura e à pesca.



Fonte: G1