ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Médico é preso armado dentro do Hospital Santo Antônio em Lebon Régis


A Polícia Civil de Lebon Régis prendeu um médico dentro do Hospital Santo Antônio de Lebon Régis, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

O inquérito que apura a conduta do médico, foi instaurado em julho deste ano após denúncias de pacientes e funcionários do hospital, de que ele ia trabalhar armado e ostentava uma pistola para quem quisesse ver, o que fazia com que todos no local ficassem intimidados e amedrontados.

Ciente dos fatos, a Polícia Civil reuniu elementos necessários para embasar uma representação pela expedição de mandado de busca e apreensão a ser cumprido na residência do médico, em seu local de trabalho, o hospital de Lebon Régis.

Após a representação do Delegado de Polícia de Lebon Régis, o Ministério Público se manifestou favoravelmente e o Poder Judiciário deferiu o pedido.

Na tarde do último dia 27 uma equipe de policiais da Divisão de Investigação Criminal DIC de Curitibanos e da Delegacia de Polícia de Frei Rogério, deu cumprimento ao mandado de busca na residência do suspeito e os policiais da Delegacia de Lebon Régis, cumpriram a medida cautelar no hospital da cidade, local onde foi encontrada a pistola calibre 380 com 18 munições, um coldre para uso externo e três carregadores.

Feito o contato com a Polícia Federal de Lages, ficou comprovado que o médico não tinha autorização para portar arma de fogo.

Sendo assim, foi dado voz de prisão e o suspeito encaminhado à Delegacia de Polícia de Lebon Régis, onde foi autuado em flagrante por crime previsto no art 14 da Lei 10.826/06, Estatuto do Desarmamento.

Após os procedimentos legais e indiciamento do suspeito, conforme a legislação determina, foi arbitrado a fiança que foi paga e o indiciado liberado.



Com informações da Polícia Civil