ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Veja o que muda em Santa Catarina após alteração no decreto


Uma das alterações mais significativas é que o transporte coletivo municipal, que antes era proibido de circular quando a região estivesse em nível gravíssimo, agora está liberado. O mesmo vale para eventos esportivos, abertura de shoppings centers e bares e restaurantes.

O mapa de risco potencial divide o Estado em 16 regiões e classifica quanto ao risco de transmissão da Covid-19 em quatro níveis — moderado, alto, grave e gravíssimo.

 Também fica autorizado o funcionamento de cinemas, teatros, museus, eventos, shows e espetáculos a partir do risco alto. 
Neste domingo (30), às 16h22, o Meio-Oeste, Alto Vale do Itajaí, Nordeste, Carbonífera e o Extremo Sul Catarinense estavam em risco gravíssimo no mapa.

Imagem: Governo do Estado/Divulgação

Por outro lado, as regiões Extremo Oeste, Oeste, Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense, Alto Vale do Rio Peixe, Planalto Norte, Serra Catarinense, Médio Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis e Laguna seguem em risco grave para a doença.  

Confira o que pode funcionar ou não em cada nível:

RISCO GRAVÍSSIMO 

Estão liberados:

  • bares e restaurantes com atendimento no local;
  • academias
  • shopping centers, galerias, centros comerciais e comércio de rua
  • supermercados e lojas de departamento
  • hotéis, pousadas e albergues
  • transporte coletivo urbano municipal
  • táxis e veículos de transporte por aplicativo
  • eventos e competições esportivas profissionais de automobilismo e futebol, sem presença de público, bem como o treinamento com ou sem bola
  • eventos públicos de entretenimento na modalidade drive-in
  • atividades de empresas especializadas no controle de pragas urbanas
  • serviços de tele-entrega
  • leilões de bovinos
  • agências bancárias, lotéricas e cooperativas de crédito
  • profissionais autônomos ou liberais de saúde
  • construção civil e obras de infraestrutura
  • aulas práticas de cursos técnicos, atividades de ensino presencial em estabelecimentos acadêmicos públicos e privados nas modalidades de ensino superior e pós-graduação, bem como aulas teóricas nas dependências do Detran e centro de formação de condutores


Seguem proibidas:

  • atividades em cinemas, teatros, casas noturnas, museus, assim como de eventos, shows e espetáculos
  • aulas presenciais nas unidades das redes pública e privada de ensino, municipal, estadual e federal, relacionadas a educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de jovens e adultos (EJA)
  • concentração e permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praias e praças, com exceção da prática de esportes individuais
  • conferências públicas ou privadas que acarretem aglomeração de pessoas, com exceção de missas e cultos religiosos
  • funcionamento dos serviços públicos municipais, estaduais e federais que não puderem ser prestados de forma remota, excetuados os serviços essenciais;
  • fiscalização e encerramento das atividades de estabelecimentos que não estejam atendendo às normas sanitárias de prevenção à Covid-19, como uso de máscara, distanciamento entre as pessoas e disponibilização de álcool 70%.


RISCO GRAVE

Todas atividades que tem funcionamento permitido no risco gravíssimo seguem autorizadas no risco grave. A única mudança é a suspensão da liberação de conferências públicas ou privadas que acarretem aglomeração de pessoas, com exceção de missas e cultos religiosos.

RISCO ALTO 

Nesse nível estão autorizadas todas as atividades previstas na classificação gravíssimo e mais:


congressos, palestras, seminários e afins feiras, exposições e atividades esportivas de caráter recreativo

RISCO MODERADO

Seguem autorizadas as atividades já liberadas no nível gravíssimo e mais atividades podem retornar:

eventos sociais, feiras, exposições, atividades esportivas de caráter recreativo, cinemas, teatros, museus, shows, espetáculos e casas noturnas acesso de público a competições esportivas públicas ou privadas, oficiais ou não.






Fonte: Assessoria de Comunicação