ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Civil indicia médica pela prática de homicídio culposo

O exame cadavérico confirmou a causa da morte como "traumatismo craniano".


A PCSC, por meio da 3º DP de Chapecó, concluiu inquérito policial que apurava a morte de um homem, de 61 anos de idade, ocorrida no ano de 2018.

Conforme consta no inquérito, a vítima sofreu uma queda num ginásio de esportes da cidade, teve traumatismo craniano, sendo encaminhada ao hospital regional de Chapecó. No local, o homem foi avaliado e liberado pela médica, porém sem a realização de todos os exames necessários.

Poucas horas após ter recebido alta hospitalar, a vítima faleceu, em sua residência. 

O exame cadavérico confirmou a causa da morte como "traumatismo craniano".

Por meio de diligências técnicas do setor de investigações, identificou-se que o protocolo médico adotado pode não ter sido adequado para o fato, o que contribuiu para o resultado morte, ou seja, houve inobservância de regra técnica.

A investigada foi indiciada nos termos do art. 121, parágrafo 4°, do Código Penal.  O inquérito será encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.







Fonte: Polícia Civil