ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Comerciante com coronavírus descumpre medidas e é flagrado pela fiscalização em SC


Um comerciante de Criciúma, que testou positivo para o coronavírus, desrespeitou o isolamento social e trabalhava normalmente quando foi flagrado pela fiscalização municipal. O local foi interditado pelas autoridades de saúde e segurança, e o homem terá que responder por crime contra a saúde pública.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária de Criciúma, Samuel Bucco, o local foi fechado por descumprir as regras contra a disseminação do coronavírus.

O decreto com medidas restritivas foi prorrogado na segunda-feira (10) por tempo indeterminado, e agora também proíbe jogos de cartas e sinuca no interior de estabelecimentos.

– Ele foi denunciado, infracionado, teve seu comércio fechado e ainda iremos encaminhar o processo para que a polícia lavre um termo circunstanciado e o enquadre no artigo 268, por crime contra a saúde pública – explicou Bucco.

No final de semana, a fiscalização foi intensa em Criciúma. Bucco reforça que a penalização é uma das consequências das infrações, mas o pior “é a contribuição para a disseminação do vírus e da pandemia. Enquanto muitos cumprem e preocupam-se consigo e com o próximo, outros burlam as regras”, destacou.

Entre as ações do final de semana, a fiscalização encerrou uma festa particular e multou o proprietário em R$ 5,8 mil. Dois bares e dois restaurantes foram fechados, e outros oito locais notificados.

Além da Vigilância Sanitária, as fiscalizações são feitas com apoio da Polícia Civil, Polícia Militar, Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) e Defesa Civil de Criciúma e Corpo de Bombeiros.






Com informações NSC Total