ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cachorro leva tiro na boca durante ação policial em Joinville

Caso ocorreu no sábado (8), na zona Sul da cidade; animal precisou ser estabilizado e passará por cirurgia


Um cachorro foi baleado na boca durante uma ação policial na tarde de sábado (8), em Joinville, no Norte do Estado. O caso ocorreu por volta das 16h20, na zona Sul da cidade.

Segundo Bárbara Thaiana Gluchowski, dona do animal, os policiais estavam atendendo uma ocorrência em uma casa vizinha. O cachorro, que estava solto, teria corrido em direção aos policiais e latido.

“Nessa hora o policial sacou a arma e atirou na boca dele”, conta. Barbára disse, ainda, que os policiais falaram com ela apenas após o disparo.

Por conta dos ferimentos, o cão precisou ser estabilizado. Como os donos não tinham dinheiro para o tratamento, eles acionaram a equipe da Frada (Frente de Ação pelos Direitos dos Animais), na tarde deste domingo (9), que recolheu o animal e o encaminhou ao veterinário.

De acordo com Liliane Lovato, presidente da Frada, o animal passará por uma cirurgia nesta segunda-feira (10).

Além disso, Liliane informou que fará um Boletim de Ocorrência e denunciará o policial junto à corregedoria.


Caso será investigado pela Polícia

Em nota, o 17º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela zona Sul da cidade, informou que a ação ocorreu durante a verificação de uma denúncia de violência doméstica. Após o suspeito ter fugido, a equipe passou a fazer buscas na região, momento em que teria sido atacada pelo cachorro que estava solto na rua.

Segundo a PM, os policiais tentaram conter o animal com gestos e pedras, porém o cachorro continuava latindo. Depois de várias tentativas, então, os policiais “para evitar um mal maior” efetuaram o disparo, “para cessar o perigo atual e iminente conforme previsto em procedimento operacional padrão”.

A PM alega, ainda, que a dona do cachorro viu o momento em que ele latia para os policiais, mas não teria se manifestado. Além disso, uma pessoa teria visto o momento do disparo e confirmado que o animal estava tentando morder os policiais.


Por fim, a polícia disse que prestou os primeiros socorros ao cachorro e, depois, o deixou sob cuidados da dona. A PM também irá instaurar um procedimento para apuração dos fatos e responsabilidades.




Fonte: G1