ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PM interrompe festa com mais de 150 pessoas em SC


Ao menos três festas foram interrompidas entre a noite de sexta-feira (17) e a madrugada deste sábado (18) em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, Itajaí, no Vale, e Jaguaruna, no Sul. Em Itajaí, uma festa de casamento foi encerrada e em Balneário Camboriú, o dono de uma cobertura foi multado por fazer um evento particular. Em Jaguaruna, a festa interrompida pela PM tinha mais de 150 pessoas, segundo a polícia.

As três cidades estão em regiões consideradas em situação de risco gravíssimo por causa do coronavírus em Santa Catarina. Na sexta, o governo do estado publicou um decreto específico para essas áreas. O documento suspendeu por 14 dias a circulação do transporte coletivo e a concentração e permanência de pessoais em locais públicos de uso coletivo, como praias e parques.

No estado, eventos e festas estão proibidos desde março e bares e outros estabelecimentos podem funcionar, mas respeitando distanciamento social e horários estabelecidos. Porém, segundo os órgãos de segurança envolvidos nas ações de fiscalizações, as regras de isolamento social contra o coronavírus não estavam sendo seguidas.


Festas

Segundo a Guarda Municipal de Itajaí, na festa de casamento havia cerca de 30 pessoas e o evento estava sendo organizado no segundo piso de um estabelecimento. O local foi fechado e as pessoas precisaram sair. O dono foi intimado e orientado sobre as restrições de segurança sanitária, mas não levou multa.

A ação conjunta entre Guarda Municipal, Polícia Militar, agentes da Defesa Civil e fiscais da Vigilância Sanitária também foram em bares, restaurantes e casas noturnas. Um estabelecimento foi fechado por não respeitar as medidas contra a Covid-19 e em outro havia três músicos tocando. O proprietário de uma casa noturna também foi orientado a fechar o estabelecimento pois, no local, além da concentração de pessoas, os visitantes não estavam de máscara.


Festa na cobertura de prédio

Em Balneário Camboriú, os fiscais encerraram uma festa realizada na cobertura de um prédio na região central. Havia cerca de 30 pessoas no local, a maioria delas moradoras do Paraná e do Rio Grande do Sul, segundo a prefeitura.

O dono da cobertura e o organizador da festa foram multados em R$ 5 mil e os nomes dos participantes devem ser encaminhados ao Ministério Público, informou a prefeitura. Na cidade, um restaurante também foi interditado e multado por descumprir o decreto municipal, que impõe medidas de segurança contra a Covid-19.


Festa com mais de 150 pessoas

No Sul do estado, os policiais militares interromperam uma festa onde estavam mais de 150 pessoas. Muitas fugiram, segundo a PM. Os policiais foram hostilizados ao chegarem ao local e garrafas de vidros e outros objetos foram jogados contra as guarnições, de acordo com a corporação.


No local a Polícia Militar apreendeu drogas e lavrou termo circunstanciado contra as pessoas abordadas no local por descumprirem decreto municipal e estadual que proíbe eventos e aglomerações e também por perturbação do sossego.





Fonte: Notícia Hoje