ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Decreto em Lages estabelece multa de até R$ 3,5 mil por aglomeração

O novo decreto de medidas restritivas que começou a valer nesta quinta-feira (30), prevê, entre as mudanças, multa de até R$ 3,5 mil para os proprietários de qualquer tipo de estabelecimento que ceder o local para a realização de festas e aglomerações.

Foto: João Adriano/Vision Films/Divulgação/Prefeitura de Lages/ND

Além disso, também fica estabelecida multa para quem andar sem máscaras nas ruas, no valor de R$ 354. Assinado pelo prefeito Antonio Ceron (PSD), na última quarta (29), o decreto ainda determina mudanças no horário de funcionamento dos estabelecimentos.

A partir de agora, todos deverão estar fechados no domingo, com exceção de farmácias e restaurantes em formato delivery e postos de combustíveis localizados às margens das rodovias, que atenderão somente para comercializar combustível. Dessa forma, as lojas de conveniência devem permanecer fechadas aos domingos.

Nos demais dias da semana, os estabelecimentos terão que fechar às 20h e não mais às 22h, como determinado no decreto anterior para alguns tipos de estabelecimentos comerciais.


O horário de fechamento às 20h inclui lanchonetes, food trucks, cafeterias, padarias, confeitarias, bares, tabacarias, adegas e similares.

No entanto, o comércio em geral continua com o fechamento estabelecido às 19h, de segunda a sexta-feira, e às 14h no sábado. Shopping e lojas de departamento, localizados às margens de rodovias federais, também deverão estar fechados no domingo. Para o shopping, de segunda a sábado, o horário de funcionamento será das 10h às 20h.


Marca de 1 mil mortes


Santa Catarina já registrou mais de 1.000 mortes e 77.001 casos confirmados do novo coronavírus. Segundo a atualização da SES (Secretaria de Estado da Saúde), a taxa de letalidade é de 1,3%. Mais do que números, o nd+ mostra as histórias por trás destas perdas contabilizadas diariamente. 





Fonte: ND+