ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Argentina volta a usar avião para controlar nuvem de gafanhotos que está devastando lavouras


A Argentina retomou na quinta-feira (2) o uso de aviões para combater a nuvem de gafanhotos que assola parte da produção agrícola da cidade de Esquina na província de Corrientes, perto da fronteira com o Rio Grande do Sul.

O governo local e o Senasa (Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar) da Argentina conseguiram realizar operações para diminuir o tamanho da nuvem, que chegou a ter 40 milhões de insetos.

Depois da pulverização de agrotóxico, técnicos vão avaliar os resultados do novo ataque. Em tentativas anteriores do governo argentino, cerca de 15% da população de gafanhotos morreu nos ataques.

No Brasil, o Governo Federal decretou emergência fitossanitária devido o risco dos insetos virem para o Estado gaúcho e talvez até para Santa Catarina. Os profissionais da área acham essa possibilidade remota após a temperatura baixar consideravelmente nas últimas horas.

A informação repassada nos últimos dias é de que a nuvem de gafanhotos saiu do Paraguai, seguiu para a Argentina e deve atingiu o Uruguai. Antes disso, o Senasa na Argentina está tentando diminuir o número de insetos usando inseticidas.





Fonte: Michel Teixeira