ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alecrim: a erva da alegria, combate a depressão naturalmente

Foto: Pixabay

Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas, o alecrim serve para auxiliar na digestão dos alimentos e no tratamento de dor de cabeça, depressão e ansiedade.

O alecrim – Rosmarinos officinalis, planta nativa da região mediterrânea – foi muito apreciada na Idade Média e no Renascimento, aparecendo em várias fórmulas, inclusive a ‘Água da Rainha da Hungria’, famosa solução rejuvenescedora.


História

Elizabeth da Hungria recebeu, aos 72 anos, a receita de um anjo, ou um monge alquimista, quando estava paralítica e sofria de gota. Com o uso do preparado, recobrou a saúde, a beleza e a alegria.

O rei da Polônia chegou a pedí-la em casamento! Madame de Sévigné recomendava água de alecrim contra a tristeza, para recuperar a alegria.


Benefícios

O alecrim é uma planta calorífera que fortalece o centro vital e age em todo o organismo.

Além disso, equilibra a temperatura do sangue e, através dele, de todo o corpo. Por isso é recomendado contra anemia, menstruação insuficiente e problemas de irrigação sangüínea.

Também atua no fígado. E uma melhor irrigação dos órgãos etimula o metabolismo.

O alecrim é digestivo e sudorífero. Ajuda a assimilação do açúcar (no diabetes) e é indicado para recompor o sistema nervoso após uma longa atividade intelectual.

É recomendado para a queda de cabelo, caspa, cuidados com a pele, lesões e queimaduras; para curar resfriados e bronquites, para cansaço mental e estafa e, ainda, para perda de memória, aumentando a capacidade de aprendizado. 





Fonte: Só Notícia Boa