ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Água Doce decreta Estado de Calamidade Pública


O município de Água Doce foi declarado como Calamidade Pública, por conta dos estrados registrados na última terça-feira, dia 30, causados pelo “Ciclone Bomba” em Santa Catarina.

 Além dos prejuízos econômicos e ambientais, ocorreram danos sociais relacionados ao destelhamento de mais de 65 residências, deixando 121 pessoas desabrigadas e 8 desalojadas na cidade de Água Doce.

Dados levantados até o momento pela Defesa Civil Municipal apontam R$ 2.819.208,00 de prejuízos econômicos em residências, galpões, granjas, e m áreas de reflorestamento e empresas.

 Também houve grandes danos na área ambiental, que não são possíveis ainda de mensurar, mas estima-se que foram mais de 2 mil árvores nativas e exóticas derrubadas em todo o município que tem uma extensa área territorial.

 Integrantes da Comissão de Defesa Civil de Água Doce visitaram cerca de 40 propriedades rurais fazendo os levantamentos dos danos nas áreas mais atingidas pelo vendaval, nas comunidades de Vista Alegre, Herciliópolis e Três Pinheiros.

 A documentação para solicitar junto ao Governo do Estado itens para ajuda humanitária para mitigação dos impactos, como telhas de fibrocimento e kits de limpeza, higiene e acomodação, foi encaminhada pela Defesa Civil Municipal.

 O prefeito Antônio Bissani diz que fenômeno como este nunca foi visto em Água Doce.  Segundo o prefeito, foi algo fora do normal e assustador. O decreto tem 180 dias de vigência e foi assinado pelo governador Carlos Moisés, além de Água Doce mais 134 cidades fazem parte do decreto.















Fonte: Rádio Tropical FM