ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Água Doce completa 62 anos de emancipação


A data dos 62 anos de emancipação político administrava de Água Doce, é lembrada neste sábado, dia 25. Por conta da pandemia do coronavírus, as festividades que deveriam ocorrer durante todo o mês de julho, foram canceladas.

 O prefeito Antônio Bissani, parabeniza todos os água-docenses pelo aniversário do município e diz que a data deve ser comemorada olhando para traz com gratidão e, para frente com fé.

 A história de Água doce, inicia no ano de 1839. O território dos Campos de Palmas, assim chamado por contada da grande quantidade de palmeiras que ali haviam, era habitado por índios, foi conquistado e ocupado por membros das frentes de expansão Guarapuava/PR.

 Chefiada por José Ferreira dos Santos e Pedro Siqueira Cortes, tendo como participantes José Caetano e Antônio de Sá Camargo.

 As terras que compreendem o município foram contestadas por Brasil e Argentina e pelos Estados de Santa Catarina e Paraná. Em 1916, passaram a pertencer a Joaçaba, tendo por denominação na época de Encruzilhada.

 As primeiras atividades econômicas desenvolvidas tiveram base na criação e comércio de gado, principalmente o bovino e extração da madeira.

 Por volta de 1943, tornou-se distrito com o nome de Água Doce. O nome Água Doce, tem origem em um pequeno incidente com o tropeiro João Líbia, que viajava até Marcelino Ramos para buscar mantimentos.

 Em meio a uma dessas viagens, um rio tinha que ser atravessado, quando uma mula que transportava açúcar se desequilibrou e caiu no rio, perdendo toda a carga. A partir desse fato, foram nomeados o rio e a cidade.

 A partir de 1923, migrantes gaúchos descendentes de imigrantes que vieram da Itália, começaram a se instalar na região. Em 21 de junho de 1958 foi criado o município de Água Doce, sendo instalado no dia 25 de julho do mesmo ano.

 A maior parte das terras do município é formada por campos, com fazendas, e ricas paisagens, onde se destaca a nascente de diversos rios, como: Chapecó, Chapecozinho, Cadeado e Roseira, próprios para prática de esportes radicais, além de grande variedade de fauna e flora, que, aliado ao seu inverno rigoroso, com ocorrência de neve, fazem de Água Doce um atrativo município para o turismo.

 Água Doce é caracterizado por sua vastidão e beleza, é o maior município em área territorial do Meio-Oeste e ocupa o quinto lugar em extensão no estado de Santa Catarina.

 O município tem sua economia voltada à agropecuária, com destaque para a criação de bovinos, ovinos, suínos e aves e a produção das culturas de batata, soja, milho, maçã e vitivinicultura.

 Conforme o IBGE, com dados de 2019, a população estimada de Água Doce é 7.145 pessoas. O município é reconhecido como a Capital Catarinense da Energia Eólica, por abrigar o maior conjunto eólico do estado composto por 109 aerogeradores.





Fonte: Rádio Tropical FM