ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Preocupado com o meio ambiente, menino de 12 anos realiza trabalho de limpeza em lagoa

José Fernando, de Vargeão, foi incentivado desde pequeno a cuidar da natureza e dos animais

Por Kiane Berté

Usando botas de borracha, um saco de lixo, e sempre de olhos bem atentos, José Fernando, de apenas 12 anos, procura manter as coisas em ordem no local onde mora com a família em Vargeão.

Já se considerando um adolescente, José se preocupa muito com a natureza, com os animais e também com o meio ambiente desde que era muito pequeno, por ser incentivado pelos familiares e pessoas próximas.


Ele reside com a irmã mais velha, com a mãe e o pai, às margens da BR-282, onde está localizada a pousada da família. Atrás da residência deles fica uma lagoa bem conhecida no município, e é ali que o serviço de José começa.

José Fernando fazendo o trabalho de limpeza na lagoa (Fotos: Arquivo pessoal)

Conforme a mãe do menino, Carmen Raymundi Pavan, toda a semana José faz limpeza na lagoa e aos arredores da casa, para que tudo permaneça em ordem.

“Ele é muito especial. Gosta de ficar em contato com a natureza. Como não moramos na cidade, facilita este contato e consciência de que precisamos cuidar muito bem do lugar onde vivemos”, diz a mãe.

José já retirou de dentro da lagoa, algumas vezes com a ajuda do avô, garrafas pet, litros, borracha, fraldas descartáveis, e muitos outros lixos. Segundo a família, muitas pessoas passam pelo local diariamente e, muitas vezes, alguém acaba jogando lixo na beirada da lagoa.


“Quando eu vejo alguma pessoa jogando lixo, eu vou com o meu avô para ajuntar, porque todos os dias eles jogam”, comenta o menino. “Quero que eles vejam a entrada do município limpa, e não poluída. Eles acham que a prefeitura não cuida, daí fica feio”.

José já retirou da lagoa diversos tipos de lixo doméstico (Fotos: Arquivo pessoal)

José não tem muitos amigos para brincar no local onde reside, pois mora afastado da cidade, e isso acaba sendo mais um motivo para ele cuidar do meio ambiente e ocupar a cabeça com tarefas que dá conta.

“Acreditamos que nossos ensinamentos desde pequeno, refletem neste menino que sabe distinguir o que é certo e o que é errado aliado aos conhecimentos adquiridos na escola, através dos projetos sobre os cuidados com o meio ambiente fazem com que ele utilize na prática, prova disso é a preocupação que ele tem com esse lago”, completou Carmen.

Além das tarefas escolares que a irmã Pauline e ele precisam fazer no dia a dia, José também fica responsável pelas calopsitas, os porquinhos da Índia, os cachorros e gatos, e também as vinte galinhas de estimação que ele tem.


“Ficamos felizes em ver que ele se preocupa com o futuro, pois estamos sentindo os efeitos da poluição e destruição do meio ambiente: longos períodos sem chuva, estações indefinidas, temporais. É um exemplo a ser seguido”, finaliza a mãe de José.

Lagoa que fica às marges da BR-282 e onde José faz os serviços de limpeza (Fotos: Arquivo pessoal)




Fonte: Oeste Mais 

Nenhum comentário