ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MP de Joaçaba oferece denúncia contra 43 pessoas acusadas de integrar célula do PGC na região


O Ministério Público de Joaçaba (MP), através da 3ª Promotoria de Justiça, ofereceu denúncia crime contra 43 pessoas acusadas de fazer parte de uma célula da organização criminosa denominada Primeiro Grupo Catarinense (PGC). As prisões ocorreram principalmente em Joaçaba, Luzerna, Herval D’Oeste, Campos Novos, Catanduvas, Jaborá, Joinville e Itajaí. Segundo a promotoria dos 43 indivíduos, 36 efetivamente integram a organização criminosa, razão pela qual estão sendo processados.

O PGC, que atua em SC, tem envolvimento com crimes relacionados ao tráfico de drogas e outros delitos graves, sendo responsáveis, de acordo com o promotor, por diversos atentados contra a sociedade como rebeliões em

Penitenciárias, atentados contra a vida de funcionários da Segurança Pública Estadual, bem como pelos ataques contra transportes públicos que ocorreram nos anos de 2012 e 2013 e que culminaram na condenação de diversos integrantes da organização criminosa. O PGC é facção bem estruturada que dispõe de estatuto próprio e que mantém células pelo Estado, como a que foi desmantelada pela polícia na região Meio-Oeste, através de uma ampla investigação da DIC.

A maioria dos indivíduos denunciados seguem presos preventivamente e no processo consta conversas interceptadas em aplicativos onde os integrantes combinavam inclusive alguns crimes.


“ESTAMOS EM GUERRA E OS PCCU ESTÃO SAINDO DE OUTRAS REGIÕES E VINDO PARA O OESTE. MAS AQUI TAMBÉM ESTÁ TUDO 2 E AONDE TIVER ESSES PCCU ELES SERÃO ELIMINADOS. COMO EM JOAÇABA, XAXIM, CHAPECÓ, CAMPOS NOVOS, CAÇADOR, FRAIBURGO, CONCÓRDIA E PALMITOS TODAS ESSAS CIDADES JÁ MOSTRARAM O QUE NOIS FAZ COM ESSAS ALMAS CEBOSAS ASSIM QUE IDENTIFICADOS – NOIS MATA!”


Clique aqui e receba notícias do Tílias News diariamente em seu WhatsApp.

Fonte: Rádio Catarinense