ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Joaçaba – Centro Espírita Obreiros da Luz deixará a atual sede e precisa de ajuda para adquirir novo imóvel

A entidade beneficente necessita de ajuda para continuar com o trabalho social que realiza.


Em pouco menos de 60 dias, a Associação Beneficente Obreiros da Luz (ABOL), de Joaçaba, deixará de atender na atual Sede localizada no Bairro Cruzeiro do Sul em Joaçaba. A ABOL já tem em vista outro imóvel, porém, como uma entidade sem fins lucrativos, não tem o recurso suficiente para a compra. Além disso, para que possa continuar realizando o trabalho voluntário e social por meio do qual auxilia famílias carentes e a comunidade como um todo, precisa de ajuda.


Quem quiser colaborar pode depositar qualquer valor na seguinte conta:

Caixa Econômica Federal agência 0418

Conta Poupança 101-000-4

CNPJ: 01961651/0001-00




Entenda a mudança:

A prefeitura de Joaçaba, em 2011, autorizou o uso do imóvel em comodato, através de uma lei municipal, contudo, o Ministério Público instaurou um procedimento e solicitou que a prefeitura retomasse o local

Assim, a entidade se mobilizou para que, o projeto que seria votado, pagasse um valor de indenização justo, tendo em vista que, o local vai ter que ser desocupado antes do tempo previsto e no tempo em que a entidade utilizou o local cedido pela prefeitura, foram realizadas reformas, bem feitorias, além dos inúmeros trabalhos sociais que a entidade realizou no decorrer dos anos.

Em um primeiro momento, o valor que seria pago de indenização seria R$ 172 mil. E para isso, um projeto de lei foi elaborado e enviado para votação da Câmara de Vereadores para que o valor pudesse ser pago, votação que ocorreria na quarta-feira, 11 de março.

Pouco antes de começar a sessão uma reunião foi realizada, com representantes da entidade, da prefeitura e da câmara e se chegou a um acordo no valor de R$ 252 mil.

Um novo projeto será elaborado e enviado a Câmara de Vereadores. Depois de aprovado o Centro Espírita Obreiros da Luz terá o prazo de 60 dias para deixar o local.


Fonte: Portal Éder Luiz