ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Caminhão que custou mais de R$ 1 milhão, doado para Joaçaba, não tem utilidade para os Bombeiros e o Aeroporto


Um caminhão, requisito exigido pela Agência Nacional de Aviação Civil, para liberação de voos regulares em aeroportos, comprado por mais de R$ 1 milhão em 2015 pelo Governo Federal e doado para Joaçaba, está estacionado há mais de 5 anos, sem uso, na base avançada do Corpo de Bombeiros do Aeroporto Santa Teresinha. Foi útil durante um período em que o aeroporto tinha voos e depois virou um patrimônio que está sem utilidade. Quando chegou à Joaçaba os bombeiros foram treinados na base aérea de Canoas no RS, pois este veículo é especial por usar além de água, pó químico para apagar incêndios em aeronaves.

Na sessão desta terça-feira (16) da Câmara de Vereadores chegou ser sugerido que este veículo seja doado pelo município de Joaçaba a algum Aeroporto de SC para que o mesmo possa ser usado. “Tem que fazer uma doação pois ele está parado e nunca fez um atendimento e isso é um bem do Estado, que nossas autoridades abram mão” destacou o vereador Vilmar Zílio. O Comandante do Corpo de Bombeiros, Capitão Marcos Alves, disse que a base no Aeroporto, para estar em funcionamento, precisa no mínimo três bombeiros e hoje a corporação enfrenta problemas com o efetivo, principalmente na época de fim de ano com a operação verão quando há remanejamento de pessoal para o litoral. Quanto ao caminhão ele explica que esse veículo é especial e não pode ser usado para outras ocorrências. “Ele não tem utilidade para atividades fora do aeroporto e esse caminhão de repente seja o caso de repensar sua permanência em Joaçaba, pode estar em outro aeroporto que esteja em funcionamento que seria mais útil, ele estando hoje ali para nós não faz diferença nenhuma” destacou o Capitão.


Por Marcelo Santos


Clique aqui e receba notícias do Tílias News diariamente em seu WhatsApp.

Fonte: Rádio Catarinense