ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Água Doce – Sem procissão, nada de manutenção - Moradores do São José reclamam de situação da rua do mirante


Bastou a pandemia da Covid-19 impedir a realização da procissão anual até o mirante do Morro São José, em Água Doce, para que a Prefeitura do município esquecesse da rua Vista Alegre e da estrada que dá acesso ao monumento turístico e religioso. A denúncia é dos moradores do local. Cerca de 40 famílias são atingidas diretamente pela situação precária da pavimentação.

"Se chover por muito tempo direto, vira barro e corre risco de atolar. Se ficar muito tempo sem chover, a estrada seca e os carros patinam nas pedras. Sem contar que é uma curva muito fechada e estreita, tem sempre o risco de bater em algum carro, pedestres ou animais", relata a moradora Mariana Abatti.

Para o morador Fabiano Della Jakma, a estrada nunca recebeu a atenção das autoridades e quase já atropelou pedestres que se obrigam a andar no meio da rua. "Esperando nossos candidatos a vereador e prefeito pedirem voto. Não sei quem é o secretário de obras, mas não conseguir arrumar 20 metros de estrada urbana é vergonhoso".



O contraste da pavimentação desta e outras ruas do município é grande. Enquanto muitas já estão asfaltadas - principalmente as mais visíveis para a maioria dos águadocenses; outras sequer calçamento possuem.

A Prefeitura de Água Doce afirma estar concluindo a pavimentação asfáltica de diversas ruas do município até o final do ano e outras ruas que ainda possuem terra ou cascalho devem receber calçamento. A Rua Getúlio Vargas, por exemplo - a principal do bairro São José - é uma das que terá concluída a pavimentação asfáltica.












Fonte: Minha Água Doce

Nenhum comentário