ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MPT entra com ação contra a JBS por irregularidades na prevenção ao coronavírus em frigorífico


O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com uma ação civil pública pedindo indenização por dano moral coletivo contra a JBS por causa da falta de segurança aos trabalhadores em relação ao novo coronavírus no frigorífico de aves que fica em Ipumirim, no Oeste catarinense. A unidade está interditada desde o dia 18, quando foram identificados 86 trabalhadores com Covid-19, quase 5% dos cerca de 1,5 mil empregados do local. Ainda não há decisão da Justiça do Trabalho sobre o caso.

O frigorífico é da Seara Alimentos, que pertence à JBS. Por nota, a JBS disse que não foi notificada da ação, que tem como “objetivo prioritário” a saúde dos funcionários e que “adota um rígido protocolo de prevenção contra a Covid-19”, seguindo orientações de órgãos de saúde, do Hospital Albert Einstein, e especialistas médicos contratados para apoiar na adoção dessas medidas preventivas.

A unidade foi fechada depois que auditores fiscais do Trabalho constataram, durante fiscalização, que havia funcionários com coronavírus que continuaram trabalhando mesmo após o diagnóstico positivo para a doença, e a falta de distanciamento entre os trabalhadores na linha de produção e de medidas de controle epidemiológico, entre outras irregularidades.


O Ministério Público do Trabalho diz que a empresa é considerada um foco de transmissão do coronavírus tanto em Ipumirim quanto nos municípios vizinhos, por empregar pessoas de toda a região. Santa Catarina tem 6,8 mil casos de coronavírus, incluindo 109 mortes.

Fonte: G1 – SC


ACESSE NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP: 👉 https://chat.whatsapp.com/D1n3n3IceAj8oy52MjhlBj 👉 siga-nos também no Instagram e Twitter > @tiliasnews

Nenhum comentário