ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Piano raro de R$ 840 mil é destruído ao ser retirado de estúdio após gravação

Foto: Reprodução/Angela Hewitt

Um raro piano italiano, avaliado em R$ 840 mil, acabou destruído quando era retirado por um equipe de um estúdio em Berlim (Alemanha) após ser usado em gravação feita pela pianista canadense Angela Hewitt.

Angela, uma das maiores pianistas clássicas da atualidade, disse em postagem no Facebook que, depois de ter tocado obras de Beethoven ao piano, os carregadores entraram no estúdio e informou que o instrumento havia caído.

A pianista disse ter demorado dez dias para compartilhar a história na rede social tamanho foi o choque com a destruição do piano, um F278 Fazioli feito a mão, o único no mundo com quatro pedais.

"Eu adorava aquele piano. Ele era o meu melhor amigo, a melhor companhia. Amava o jeito como ele se sentia quando eu estava gravando, dando-me a possibilidade de fazer tudo o que eu desejava", escreveu a instrumentista, classificada como virtuosa pela crítica especializada.


 Angela Hewitt em concerto com o piano F278 Fazioli Foto: Reprodução/Facebook(Angela Hewitt)


Angela Hewitt com o Fazioli Foto: Reprodução/Facebook(Angela Hewitt)

Paolo Fazioli, dono da Fazioli Pianos, declarou que os danos às estruturas de madeira e de metal foram tão severos que o instrumento é "irrecuperável", noticiou a CNN.

"Não faz sentido, financeira e artisticamente, reconstruir esse piano. Está acabado. Os carregadores ficaram arrasados. Disseram que isso nunca havia ocorrido em 35 anos de trabalho", escreveu Angela, desolada.

A pianista disse que vai escolher um novo Fazioli em breve.


"Espero que o meu piano esteja feliz no céu dos pianos", declarou.


Angela Hewitt e o Fazioli que foi 'ao céu dos pianos' Foto: Reprodução/Facebook(Angela Hewitt)


Fonte: EXTRA

Nenhum comentário