ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Homem que tomou arma de atirador e o matou é inocentado no Oeste do Paraná

Foto: Reprodução

Foi considerado legítima defesa o caso da morte de Sandro Roberto Ortiz, de 31 anos, ocorrida em fevereiro do ano passado no Bairro Cascavel Velho, em Cascavel. Assim, o homem que disparou contra ele foi inocentado e o processo arquivado.

Consta no processo que Eduardo da Silva dos Santos, na época com 21 anos, estava em companhia da esposa e amigos nas proximidades de um bar quando Sandro teria chegado e disparado contra ele. O tiro atingiu a perna de Eduardo que entrou em luta corporal com Sandro. Ele conseguiu tomar a pistola 9mm e deu um tiro.

Sandro chegou a correr para pedir ajuda, mas foi encontrado pelos socorristas já sem vida.

O processo não esclareceu qual foi o motivo que originou os fatos. Testemunhas negaram a existência de desavenças anteriores e disseram que Eduardo não tinha arma.

Para o Ministério Público não ficou demonstrado excesso na legítima defesa, já que apenas um tiro atingiu a vítima. A decisão de extinguir o processo foi dada ontem (11).


Informações CGN

Fonte: Michel Teixeira