ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vice-premiê polonês quer tirar “filme blasfemo” da Netflix

Jaroslaw Gowin criticou o especial de Natal do Porta dos Fundos e pediu sua remoção da plataforma

Especial de Natal Porta dos Fundos 2019: A Primeira Tentação de Cristo Foto: Divulgação


Passados mais de um mês do lançamento do especial de Natal do Porta dos Fundos, a produção ainda segue causando polêmica. Em uma publicação em suas redes sociais, o vice-premiê da Polônia, Jaroslaw Gowin, pediu à Netflix que retire “A Primeira Tentação de Cristo” de seu catálogo.

O especial traz a sugestão de uma relação homossexual entre Jesus e Satanás e põe Deus, Maria e José como um triângulo amoroso. O vídeo foi lançado no dia 3 de dezembro na Netflix. Em sua conta do Twitter, o político polônes publicou uma mensagem endereçada ao fundador da empresa, Reed Hastings.

– Reed Hastings: exigimos que a Netflix remova o filme blasfemo de sua plataforma – escreveu.


Ele também compartilhou um link para um abaixo-assinado pedindo a remoção da obra da plataforma. Até o momento, a petição, que acusa o Porta dos Fundos de “atacar, humilhar e difamar os cristãos e sua religião”, conta com mais de 1,4 milhão de assinaturas.


O abaixo-assinado ressalta também que “todo ano, o grupo de ‘comédia’ brasileiro Porta dos Fundos produz um filme de Natal para atacar cristãos e o cristianismo (…) Essas produções têm um só fim, a blasfêmia. Claro que o alvo desta blasfêmia é somente uma religião, o cristianismo”.


Por Henrique Gimenes

Fonte: Pleno News