ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Secretaria Especial da Cultura lança Prêmio Nacional das Artes

Iniciativa inédita visa promover o renascimento das artes
A Secretaria Especial da Cultura lança, nesta quinta-feira, 16, o Prêmio Nacional das Artes, iniciativa que irá destinar mais de R$ 20 milhões para fomentar a produção artística nas cinco regiões brasileiras. Em suas sete categorias, o Prêmio irá selecionar 5 óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e 15 propostas de histórias em quadrinhos.

Segundo o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, o Prêmio tem como objetivo promover o renascimento das artes e da cultura no Brasil. “O Prêmio Nacional das Artes irá gerar milhares de empregos, assim como uma ampla capacitação profissional, formação de público, configurando um panorama das maiores realizações artísticas oriundas das cinco regiões do Brasil. Trata-se de um marco histórico para as artes brasileiras, de relevância imensurável, e sua implementação e perpetuação ao longo dos próximos anos irá redefinir a qualidade da produção cultural em nosso país”, afirmou Alvim.

O secretário acrescentou que, com o Prêmio, o Governo Federal busca estimular a criação de uma nova arte nacional. “Uma arte capaz de encarnar simbolicamente os anseios desta imensa maioria da população brasileira”, disse.

Para celebrar a premiação, em setembro de 2020, a Secretaria irá organizar um grande evento na capital federal, o Mês do Renascimento da Arte Brasileira. Na ocasião, haverá a estreia das 5 óperas premiadas e de 5 espetáculos teatrais selecionados, bem como das 25 exposições de pintura e das 25 de escultura. Também serão lançados um livro com os 25 contos vencedores e os 25 CDs de compositores, com apresentações ao vivo de cinco concertos. Serão distribuídos gratuitamente exemplares das histórias em quadrinhos apoiadas pelo Prêmio. Após a estreia, os espetáculos, exposições e concertos circularão por municípios de todas as regiões do País.

Inscrições

O edital do prêmio será publicado na próxima semana no Diário Oficial da União. A partir da publicação, artistas, gestores e produtores culturais poderão inscrever seus projetos, até o dia 9 de março, por meio do Sistema de Apoio às Leis da Cultura, (Salic), em uma das sete categorias. Em todas as categorias serão escolhidos projetos das cinco regiões brasileiras.

A seleção dos projetos vencedores em cada categoria será feita por comissões formadas exclusivamente para esta finalidade. Cada uma terá cinco integrantes, sendo dois servidores da Secretaria Especial da Cultura e 3 representantes da sociedade civil com notório saber nas respectivas áreas. Os resultados serão divulgados em abril e os prêmios serão pagos em maio deste ano.


Categorias:

Categoria Ópera
· 5 óperas de compositores brasileiros - 1 por região do Brasil
· Valor: R$ 1,1 milhão cada
· Total a ser investido: R$ 5,500 milhões

Categoria Teatro
· 25 espetáculos teatrais - 5 por região do Brasil
· Valor: R$ 250 mil cada
· Total a ser investido: R$ 6,250 milhões

Categoria Pintura
· 25 exposições individuais - 5 por região do Brasil
· Valor: R$ 100 mil cada
· Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

Categoria Escultura
· 25 exposições individuais - 5 por região do Brasil
· Valor: R$ 100 mil cada
· Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

Categoria Literatura (Contos)
· 25 contos inéditos - 5 por região do Brasil
· Valor: R$ 25 mil cada
· Total a ser investido: R$ 625 mil

Categoria Música
· 25 compositores - 5 por região do Brasil
· Valor: R$ 100 mil cada
· Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

Categoria Histórias em Quadrinhos
· 15 quadrinistas - 3 por região do Brasil
· Valor: R$ 50 mil cada

· Total a ser investido: R$ 750 mil


Fonte: Caçador Online  

Nenhum comentário