ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo anunciará medidas para conter fila do INSS na quarta, diz Marinho


O governo deve anunciar medidas para conter a fila para concessão de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), nesta quarta-feira (15/1), afirmou o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, nesta segunda-feira (13/1). Após reunião com o ministro Paulo Guedes e outros secretários da pasta, ele disse que as medidas ainda estão em estudo.

Marinho não antecipou o prazo para normalizar o serviço nem as iniciativas que serão tomadas para resolver a situação de 2 milhões de pedidos de aposentadorias e outros benefícios que estão parados no INSS. O ministério, segundo ele, está conversando e “buscando respaldo técnico e jurídico” para tomar alguma decisão.

“Estamos validando as propostas internamente, e quarta-feira a gente conversa. Isso envolve orçamento, estrutura organizacional e a gente precisa ter responsabilidade”, afirmou o secretário. Além de aposentadorias, os brasileiros estão com dificuldade para receber auxílio-doença, pensão por morte, Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e deficientes de baixíssima renda, entre outros.

De acordo com nota da Secretaria de Previdência, enviada à Comissão Mista de Orçamento do Congresso em dezembro de 2019, um dos motivos da fila é a redução do quadro de funcionários do INSS. Além disso, o órgão ainda precisa adequar o sistema para atender às novas regras aprovadas pela reforma da Previdência. 


(Informações Correio Braziliense)

Nenhum comentário