ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro pede rigidez contra fraudes no Bolsa Família


O presidente Jair Bolsonaro falou na manhã desta terça-feira (7), na saída do Palácio do Alvorada, sobre novas formas de melhorias para o programa do Bolsa Família e de buscar mecanismos para punir pessoas que permitem fraudes no programa.

Na segunda-feira (6), a Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) identificou a família de um servidor do Distrito Federal com renda per capita de R$ 27.168,60 e que era beneficiária do Bolsa Família. A renda informada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal era de R$ 66.

– Estamos buscando mais formas para melhorar ainda mais o Bolsa Família no país. Agora, temos que encontrar um mecanismo mais rígido e eficiente para punir as pessoas que permitem a entrada ilegal no programa – afirmou.

Questionado sobre possíveis ajustes no programa, o presidente completou declarando que a equipe econômica estuda um possível remanejamento tributário para suprir a renda das famílias beneficiadas, caso venha acontecer uma adequação no programa.


Fonte: Michel Teixeira

Nenhum comentário