Notícias Gerais

Prefeitura de Peritiba indenizará funcionário afastado irregularmente em 2002

O valor devolvido ao funcionário deverá ter como base pelo menos dez anos


O Tribunal de Justiça manteve a sentença de primeira instância e condenou a Prefeitura de Peritiba a pagar as diferenças salariais de um servidor que foi afastado das atividades em 2002, na gestão do ex-prefeito Joares Peliciolli.

No Fórum da Comarca de Concórdia o servidor já havia conseguido uma decisão favorável. O cálculo do valor que será devolvido ainda deverá ser realizado após o processo voltar à primeira instância, mas deverá ter como base pelos menos dez anos.

De acordo com os autos do processo, em 2002 o servidor público municipal, depois de dois anos de licença, se apresentou na garagem da prefeitura para reassumir a sua função de operador de máquinas pesadas. Depois de uma discussão com o ex-prefeito o servidor acabou sendo afastado das atividades.

Conforme autos do processo, o servidor público teria sido ofendido, humilhado e ameaçado. Diante da situação, houve o protocolo de processo pedindo a reintegração ao trabalho e mais tarde também indenização pelo período em que ficou afastado sem receber seus proventos.


Hoje o servidor público da Prefeitura de Peritiba está aposentado, porém ele irá receber os valores referentes ao período que ficou afastado e não foi remunerado.


Fonte: Atual FM