Notícias Gerais

Governo de SC veta patrocínio para a Oktoberfest


O secretário de Turismo e Lazer de Blumenau, Marcelo Greuel, recebeu com “estranheza” a decisão do governo de Santa Catarina de não patrocinar a edição deste ano da Oktoberfest. O Estado é parceiro histórico do evento e, apesar de ter diminuído o volume do aporte nos últimos anos – já foi de R$ 700 mil e em 2018 foi de cerca de R$ 300 mil –, sempre contribuiu financeiramente para a organização. Até este ano.

Segundo Greuel, o projeto foi apresentado à Santur, órgão do governo dedicado à promoção do turismo catarinense, mas acabou sendo negado. Apesar de respeitar a posição, ele se queixa que outros eventos do Estado, como o Festival de Dança de Joinville, a Volvo Ocean Race em Itajaí e o Ironman em Florianópolis receberam suporte financeiro.

— Eu não posso acreditar que uma Oktoberfest tem menos importância que um Ironman — lamentou Greuel à coluna, lembrando do impacto econômico da festa para toda a cadeia turística e da projeção que ela proporciona ao Estado.


Contraponto

Procurada para comentar o assunto, a Santur, por meio da assessoria de imprensa, explicou que nenhuma das festas de outubro recebeu patrocínio do Estado neste ano e que, por uma decisão estratégica e com recursos contados, o governo optou por destinar verbas a outros tipos de iniciativas, como essas citadas. O fato de a Oktoberfest ser um evento superavitário também teria pesado.

A Santur também esclareceu que a medida pode ser revista para 2020 e lembra que o governo do Estado destinará R$ 28 milhões para o Centro de Convenções de Blumenau, uma demanda antiga do trade turístico local.



Fonte: NSC/Foto: Pedro Machado