Notícias Gerais

Eleitos conselheiros tutelares para os próximos 4 anos na região


As eleições para Conselheiros Tutelares ocorreram em todo o país neste domingo (6). Os eleitos tomarão posse em janeiro de 2020 e terão um mandato de 4 anos.

Os conselheiros eleitos ainda devem passar por uma capacitação antes de assumirem ou reassumirem o cargo, em caso de candidatos reeleitos. Todo o processo eleitoral foi coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de cada município.

De acordo com levantamento realizado pela reportagem da Rádio Tropical, o processo eleitoral ocorreu de forma tranquila e sem nenhum incidente.


Em Treze Tílias foram 714 votos válidos e a classificação foi a seguinte:

1º Lidia Heckler Meger - 230 votos
2º Rocilde Luvison - 126 votos
3º Cleusa Boesing - 117 votos
4º Leonir Kayser - 82 votos
5º Simone Turmina - 79 votos


Em Arroio Trinta, estavam aptos a eleição 5 candidatos, sendo que a classificação ficou a seguinte:

1º Glotilde Casaletti Sartori – 68 votos
2º Marinês Alves dos Santos – 68 votos
3º Mateus Rodrigues de Oliveira – 45 votos
4º Siméia do Prado – 24 votos
5º Carla Nava Domingues – 17 votos

O município de Arroio Trinta já tem eleições suplementares para suplentes do Conselho Tutelar, programadas para o dia 15 de dezembro.


Em Ibicaré, 278 pessoas participaram da eleição para conselheiros:

Cristiane Melere – 96 votos
Suzana Remus Daros – 48 votos
Andreia Adriana Barbosa – 47 votos
Jair Alaércio Heinemann - 43 votos
Cristina Loch – 29 votos

Ibicaré também terá eleições suplementares em dezembro, já que há apenas uma suplente.


Em Água Doce, município com o maior número de candidatos - 14 ao todo – também foi registrado um número expressivo de eleitores. 1.100 pessoas foram às urnas neste domingo:

Foram eleitos Conselheiros:

1º André Tonial - 247 votos
2º Géssica Colasso - 153 votos
3º Sandra Zanini - 131 votos
4º Marina Pereira - 129 votos
5º Idelsa Zanini - 84 votos


11 candidatos estavam aptos às eleições em Salto Veloso. O município também registrou o maior número de eleitores entre os municípios pesquisados. Foram considerados válidos 1.211 votos e os 5 conselheiros eleitos foram os seguintes:

1º Paula de Bortoli Zamboni - 176 votos
2º Marlei Piaia Meneghel - 164 votos
3º Meryeli Donadel - 155 votos
4º Lucimara Carneiro - 152 votos
5º Ana Silvana Cesca - 119 votos


Joaçaba escolheu os cinco conselheiros tutelares para a próxima gestão. Conforme a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Rúbia Karen Provensi, a eleição transcorreu de forma tranquila, sem registro de ocorrências relacionadas ao pleito:


Dos 20.989 eleitores aptos a votar, apenas 934 compareceram para participar do processo de escolha, ou seja, apenas 4,26% dos eleitores.

Os novos conselheiros tutelares assumem o cargo no dia 10 de janeiro, com mandato de quatro anos.

Eleitos

Jackson Baretta – 123 votos

Andressa de Oliveira da Silva – 112 votos

Salete Zago Silvetri – 109 votos

Rosana Aparecida Waltrick – 106 votos

Jaqueline Corrêa – 104 votos

Suplentes

Débora Durigon – 99 votos

Nilce Medeiros da Costa – 92 votos

Lucineia Perotto da Rosa – 82 votos

Clarice Moreira Elias – 54 votos


Ana Alice Sales – 48 votos



Herval d´Oeste divulgou o resultado da Eleição para o Conselho Tutelar do município:


Onze candidatos disputavam as cinco vagas. 1184 eleitores compareceram para votar nos dois locais de votação, CRAS e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, que contaram neste ano com urnas eletrônicas. A apuração verificou oito votos nulos, sendo computados 1176 votos válidos.

De acordo com a presidente do Conselho, Ediane Soares, o processo ocorreu de forma tranquila, sem anormalidades. “Acreditamos que o tempo possa ter afugentado alguns eleitores, pois na última eleição tivemos aproximadamente 2 mil pessoas participando do pleito”, constatou.

Os novos conselheiros tutelares assumem o cargo no dia 10 de janeiro, com mandato de quatro anos.

Eleitos

Rodolfo Tertuliano Bahú Backes – 197 votos

Bianca Ribeiro – 155 votos

Charlene Zílio – 144 votos

Silvana Maria Nunes da Silva – 134 votos

Daiane de Quadros – 122 votos

Suplentes

Vera Lucia Rodrigues – 109 votos

Airton José Brandalise – 94 votos

Daiana Campanhali de Campos – 85 votos

Pamela Drum Petry – 61 votos


Suiner Silva de Oliveira – 39 votos




No município de Luzerna 634 pessoas compareceram para votar nas eleições do Conselho Tutelar. A comissão eleitoral constatou 7 votos nulos durante a apuração, que elegeu os cinco novos conselheiros tutelar, que assumem as vagas no dia 10 de janeiro:


Eleitos

Elaine Grahl - 152 votos
Luciane Lamb Rodrigues - 101 votos
Arlete Triques Hoffelder - 85 votos
Vinicius Alberguini Moretto - 73 votos
Ana Paula Valduga Iagher - 72 votos

Suplentes

Edna Maria de Pinho Rodrigues - 47 votos
Michele Barbosa de Lima - 36 votos
Rafael Deige - 27 votos
Jairo Lopes de Oliveira - 26 votos
Carla Alves Scheffler - 8 votos


Novos Conselheiros Tutelares São Escolhidos Em Videira:

A escolha foi feita pelos eleitores videirenses, posse ocorrerá no dia 10 de janeiro 2020



Foi realizada neste domingo (6), a eleição dos cinco novos conselheiros tutelares que irão exercer o cargo pelo período de quatro anos. Foram 20 candidatos que participaram do pleito. A escolha foi feita pelos eleitores videirenses.

A apuração dos votos ocorreu no Departamento de Ação Social, logo após o encerramento das votações. Os primeiros 5 mais votados eleitos foram: Lourdes Aparecida Surdi Bocca, Silvana Toccolini, Luiz Carlos Spanholi, Lucia Mari de Almeida Lara Moriggi e Miriane Batista, que receberam maior número de votos.


Os outros candidatos que receberam também muitos votos ficarão como suplentes. A posse ocorrerá no dia de 10 de janeiro do próximo ano.


Lista dos candidatos ao Conselho Tutelar de Videira


O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, eleito pela sociedade para zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Os conselheiros acompanham os menores em situação de risco e decidem em conjunto sobre qual medida de proteção para cada caso. O exercício efetivo da função de conselheiro constitui serviço público relevante, e quem o pratica deve ser pessoa idônea, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).



Por fim, no município de Macieira, foram 660 votos válidos contabilizados nas eleições desse domingo. Entre os 9 candidatos foram eleitos:

1º Marisete Oliveira Santos – 171 votos
2º Leidimara Recalcatti – 103 votos
3º Angela Castilho da Silva – 100 votos
4º Vanessa Duarte Padilha – 88 votos
5º Andreia Ap. Santos Zimmer – 70 votos


Fonte: Rádio Tropical FM/ Caco da Rosa/ Rádio Vitória