quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Indonésia quer negociar com Santa Catarina

Foto:Ricardo Wolffenbüttel/Secom

A Casa d’Agronômica foi palco de uma recepção com honras militares para o embaixador da Indonésia no Brasil na tarde desta terça-feira (10). Edi Yusup ocupa o posto diplomático em Brasília há cinco meses e pela primeira vez foi recebido por um governador brasileiro. Na conversa com Carlos Moisés, foram discutidas parcerias na área do Turismo e a possibilidade de Santa Catarina exportar carne bovina e de frango para o país asiático.

“Temos muito interesse em estreitar as relações de Santa Catarina com a Indonésia. Queremos aumentar as nossas trocas com a Indonésia nas áreas da agropecuária e de comércio”, declarou o governador.

Na visão do embaixador indonésio, que visitou a Casa d’Agronômica acompanhado da esposa, o crescimento populacional e econômico daquele país fará com que seja necessário importar mais proteína animal para alimentar a sua população. A intenção de Jacarta é dobrar o fluxo de comércio com o Brasil em até quatro anos.

“Nós conversamos sobre a importação de carne bovina e de frango, e também a de milho. Quem sabe a partir do ano que vem a gente já possa começar a importar estes produtos, de Santa Catarina”, afirmou o embaixador.

Edi Yusup também convidou o governador a visitar a Indonésia no próximo ano. Os dois trataram de um possível intercâmbio de pesquisadores e técnicos agropecuários, destacando a atuação da Epagri.

Além da Casa d’Agronômica, o embaixador se encontrou na segunda-feira (9) com o secretário de Estado da Agricultura, Ricardo Gouvêa, que colocou o Estado à disposição para exportar produtos como leite, alho, mel e cebola. A presidente da Santur, Flávia Didomenico, também debateu parcerias na área de Turismo.

Yusup se reuniu ainda com representantes da Federação das Indústrias (Fiesc) e com a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate).


Fonte: Secom
Mais Notícias