terça-feira, 6 de agosto de 2019

Servidora lotada na Saúde de Concórdia é afastada após abertura de processo administrativo para apurar operações atípicas com dinheiro público

Uma servidora pública concursada da Prefeitura de Concórdia foi afastada temporariamente das suas funções nessa semana após a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar que apura algumas operações financeiras atípicas na Secretaria Municipal de Saúde.

O advogado e assessor jurídico, Felipe Stenchinski, afirma que as averiguações ainda estão sendo realizadas pela equipe técnica da Prefeitura de Concórdia visando identificar mais detalhes sobre a questão.

A servidora foi afastada por 15 dias, podendo ser o afastamento renovado por mais 15 dias. Por enquanto, o procedimento ainda é sigiloso, mas a assessoria jurídica acredita que em no máximo 30 dias estará com todos os levantamentos concluídos.

Ainda não foi possível verificar o montante de recursos que teria sido movimentado de forma supostamente ilegal pela servidora, nem mesmo o período em que houve as operações consideradas atípicas.

Caso se confirme as ilegalidades a servidora poderá ser demitida e responder criminalmente.


Fonte: Atual FM
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil