Notícias Gerais

Santa Catarina tem 26 cervejas premiadas em concurso internacional

(Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense)

A produção de cervejas em Santa Catarina teve destaque na edição 2019 do World Beer Awards (WBA) — um dos maiores concursos cervejeiros do mundo. O prêmio é organizado na Inglaterra e a última etapa com os jurados ocorreu em Londres na semana passada, no dia 7. As vencedoras do prêmio de "melhores do mundo" ainda não foram oficializadas, mas o WBA já divulgou a seleção das melhores cervejas por estilo e país de origem.
Entre as concorrentes do mundo inteiro, oito cervejarias de Santa Catarina foram premiadas e receberam medalhas em 26 rótulos diferentes, inclusive 11 medalhas de ouro.
A cervejaria mais premiada do Estado foi a Lohn Bier, de Lauro Müller, que recebeu 11 medalhas. A Eisenbahn (Blumenau) e a Sunset Brew (Tijucas) tiveram quatro rótulos premiados cada uma, enquanto duas cervejarias de Jaraguá do Sul receberam duas medalhas cada: Stannis e Königs Bier. Completam a lista com uma medalha as cervejarias Unika (Rancho Queimado), Troia (Tubarão)e Itajahy (Itajaí).
As medalhas mostram qualidade nas cervejas catarinenses entre vários estilos, da clássica Pilsen aos estilos menos tradicionais, como a Red Flanders, passando por queridinhas dos apreciadores — como a IPA. Mas o grande destaque veio de casa, no primeiro estilo de cerveja oficialmente brasileiro, nascido em Santa Catarina: a Catharina Sour. Foram cinco medalhas (três de ouro, um prata e um bronze) para as catharinas, que competem internacionalmente na categoria das cervejas flavoured (saborizadas).
No ranking por países o Brasil ficou em quarto no quadro de medalhas, atrás de Bélgica, Alemanha e França.

Confira a lista de cervejas catarinenses premiadas no World Beer Awards 2019:

Nome da cerveja (medalha/estilo)
Lohn Bier (Lauro Müller)
- Barley Wine (bronze/barley wine)
- Catharina Sour com café e framboesa (ouro/flavoured)
- Carvoeira Pimenta (bronze/flavoured stout)
- Catharina Sour Uva Goethe (ouro/flavoured)
- Catharina Sour Jabuticaba (prata/flavoured)
- Urbana Biorta Gose Salicornia (bronze/flavoured)
- Carvoeira (prata/herb & spice)
- Carvoeira Wood Aged (ouro/wood aged)
- Hop Lager (prata/hoppy pilsener)
- New Zealand Pils (bronze/hoppy pilsener)
- Red Flanders (prata/flanders)
Sunset Brew (Tijucas)
- Mystic Panther (prata/flavoured stout)
- Imperial Black Rhino (bronze/flavoured stout)
- Aggro Bear (ouro/IPA american style)
- Madame Tatá (ouro/belgian style ale)
Eisenbahn (Blumenau)
- Rauchbier (prata/smoke)
- Pilsen (bronze/classic pilsener)
- Weizenbier (ouro/bavarian style hefeweiss)
- Weizen Bock (ouro/strong)
Königs Bier (Jaraguá do Sul)
- Catharina Sour Maçã e Canela (ouro/fruit & vegetable)
- Rauchbier (ouro/smoke)
Stannis (Jaraguá do Sul)
- Scarlett Flanders (ouro/flanders)
- Stannis Scarlett (bronze/sour ou wild ale)
Troia (Tubarão)
- Helena (ouro/golden ale)
Unika (Rancho Queimado)
- Catharina Sour Ameixa e Laranja (bronze/flavoured)
Itajahy (Itajaí)
- Octoporter (ouro/porter)

Fonte: NSC