sábado, 6 de julho de 2019

Policia Militar de Videira apreende maconha, LSD e cerca de 200 pedras de crack


Um trabalho de apuração, nas redondezas da escadaria Ivo Rostirolla, Bairro Panazzolo, em Videira/SC,  foi realizado pela Policia Militar que constantemente flagrou, adolescentes e maiores de idade, realizando o consumo de entorpecentes, levando a suspeita que uma casa, a qual já foi objeto de apuração e prisão de acusados no ano passado, poderia novamente estar sendo um ponto de distribuição e consumo de drogas.

Com os dados coletados, o Ministério Público endossou o pedido realizado pela PM, de busca e apreensão no local, o qual foi deferido pelo poder judiciário.

No final da tarde desta sexta feira, (05/07) policiais militares de Videira e uma guarnição do Canil do 26º Batalhão da Policia Militar,  deslocaram até o endereço para dar cumprimento ao mandado judicial, onde durante o deslocamento, próximo ao endereço onde seria executada a operação, policiais militares da ROCAM, (com motos), avistaram 04  adolescentes, onde um deles arremessou um invólucro, posteriormente identificado como sendo uma pequena porção de maconha, a qual havia sido comprada no endereço suspeito.

Rapidamente os demais policiais cercaram a casa, onde haviam várias pessoas, apresentaram o mandado judicial e efetuaram as buscas.

Segundo informações dos policiais, logo na revista pessoal, foi localizado porções de maconha no bolso do homem, idênticas aquela apreendida com o menores, embalada em um plástico transparente e sobre o sofá, a PM localizou três invólucros de papel alumínio contendo substância aparentando ser crack.

Em continuidade nas buscas, nos fundos do imóvel, escondido em um tronco de árvore, os militares localizaram 103 (centro e três) invólucros de papel alumínio contendo perdas de Crack divididos em diversos tamanhos, 11 (onze) invólucros plásticos branco, contendo substância aparentando ser cocaína e 18 (dezoito) invólucros plásticos transparentes, contendo maconha (idênticos aos apreendidos anteriormente).

Em um segundo local, apontado pelo acusado de tráfico,  os policiais localizaram 33 unidades de substância aparentando ser micropontos de LSD, 14 (quatorze) gramas de crack, divididos em 04 porções, 08 (oito) gramas de substância aparentando ser cocaína, divididas em duas porções, 21 (vinte e uma) gramas, divididas em 22 invólucros e 01 (um) rolo de papel alumínio, provavelmente utilizado para embalar o Crack e um caderno com anotações contábeis, provavelmente inerentes aos tráfico de drogas.

Diante do flagrante, a guarnição da PM, efetuou a prisão pela acusação do tráfico de drogas de R. S. F e  uma mulher identificada pelas iniciais J.A. L., os quais foram apresentados na Delegacia da Policia Civil para a formalização da prisão em flagrante pelo Delegado de plantão.

Os menores foram apreendidos e encaminhados para serem ouvidos na delegacia da Policia Civil, onde uma conselheira tutelar, acompanhou os procedimentos.

De acordo com os policiais militares, a maior preocupação com este local de tráfico, era a presença de menores de idade, os quais em idade escolar, foram flagrados com drogas compradas no local e em algumas situações, estavam consumindo o entorpecente.

“São situações que não queremos para nenhum pai e nenhuma mãe, saber que o filho que devia estar focado nos estudos, está consumindo drogas”, desabafou um policial que também é pai. “Pior ainda, é saber que existem traficantes lucrando com este vício que destrói a vida do adolescente e da sua família”, lamentou ele enquanto aguardava os procedimentos na delegacia.

Fonte: Espião de Notícias
Mais Notícias