Notícias Gerais

Fenômenos supostamente paranormais intrigam moradores de Caçador

Casa pegando fogo de forma inexplicável não é novidade: isso ocorreu outras vezes

Um incêndio ocorrido numa casa na noite desta segunda-feira, 15, virou o centro das atenções dos caçadorenses devido a fenômenos supostamente paranormais relatados pelos moradores. Localizada na rua Luís Andreola, atrás da Unidas, a residência pegou fogo de forma inexplicável e ficou parcialmente destruída.


A história começou há cerca de 60 dias, quando uma mulher que morava nessa casa com seus pais morreu. A mãe, após receber a notícia sobre a filha, faleceu no mesmo dia, e as duas foram veladas juntas, conta uma pessoa ligada à família. Um mês depois, o pai também falece, e a casa fica desocupada.


No momento do incêndio, a casa era ocupada pela diarista Sônia Da Motta Sodré dos Santos, de 45 anos, e seus quatro filhos. Eles alugaram a moradia há cerca de uma semana, e desde então presenciaram fenômenos paranormais, como pedras caindo e objetos pegando fogo.


“Esses dias também pegou fogo na minha cama, queimou o travesseiro. Isso acontecia da meia-noite em diante. Era mais comum nos quartos. Faz três dias que não conseguimos dormir”, conta Sônia. Ela também citou um caso em que pagou fogo na cama do antigo proprietário, cujos pertences ainda estavam na casa.

Nessa segunda-feira, os fenômenos se repetiram e o pior aconteceu: a casa pegou fogo completamente. Os bombeiros voluntários conseguiram evitar que os danos fossem maiores e controlaram as chamas, cuja causa ainda é incerta.


Não é a primeira vez que fenômenos dessa natureza acontecem na cidade. Em dezembro do ano passado, um incêndio, também sem origem definida, deixou uma casa destruída no bairro Nossa Senhora Salete. Em entrevista à nossa reportagem, na época, o morador Paulo Gonçalves da Silva, de 38 anos, relatou que o fogo começou sem explicação, e que fenômenos sobrenaturais aconteciam no local com frequência.


--> Clique aqui e relembre a matéria de 2018

Há também relatos de ter ocorrido uma situação muito parecida em uma residência que pegou fogo recentemente no distrito de Taquara Verde.

Parapsicólogo fala sobre o ocorrido

Entender os fenômenos que parecem transcender as leis da natureza é uma das tarefas da parapsicologia. É nisso que trabalha Alisson da Silva, parapsicólogo clínico de Caçador. Ele fala sobre o incêndio ocorrido nessa segunda-feira e diz que, ao que tudo indica, pode ter ocorrido um fenômeno paranormal.

“Isso é chamado de combustão espontânea e acontece quando objetos pegam fogo do nada, desencadeadas por alguma energia, quando não há nenhuma outra causa, como eletricidade ou combustível”, afirma Alisson, acrescentando que se trata de uma hipótese.


Sobre as pedras caindo na casa e outros objetos se movendo, o parapsicólogo explica que pode ter ocorrido um “poltergeist”. “O fenômeno paranormal ocorre com a ação da mente subconsciente de alguma pessoa que desencadeou tudo isso. A pessoa não tem consciência dessa energia. Difere do fenômeno sobrenatural, que é uma ação espiritual e que também pode ter ocorrido”, acrescenta.

Fonte: Caçador Online