terça-feira, 9 de julho de 2019

Câmara de Treze Tílias aprova Moção de Congratulações e Aplausos para a atleta Diana Zagonel


A provação da moção aconteceu na sessão desta segunda-feira, dia 08. A iniciativa se dá por conta da participação de Diana Zagonel no Campeonato Mundial de Karatê, na Eslováquia, representando o Brasil, que ocorreu nos dias 20 a 23 de junho de 2019, classificando-se em 4º lugar.

Diante da importante conquista da jovem atleta trezetiliense, ao participar da competição internacional, os vereadores aprovaram por unanimidade, a moção para que seja lida em plenário, na sessão da próxima segunda-feira, dia 15.

O teor da moção diz: “a câmara de vereadores de Treze Tílias parabeniza a trezetiliense Daiane Zagonel, pela vitoriosa participação no campeonato mundial de karatê na Eslováquia, por meio da presente moção de congratulações e aplausos, a qual deverá ser repassada à homenageada, juntamente com uma pequena lembrança”.

Deu entrada na sessão desta segunda-feira, projeto de lei de autoria do prefeito Mauro Dresch, para contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal no R$ 2 milhões e 500 mil reais. O recurso será utilizado pela prefeitura para um programa de pavimentação asfáltica de ruas na cidade de Treze Tílias.

O projeto entrou em regime de urgência e foi encaminhado pela mesa diretora para as comissões permanentes para estudos e, deverá ir à votação na próxima sessão.

A vereadora Dirlei Barbieri Rofner usou a Tribuna Livre e parabenizou o pedágio da APAE, realizado no último sábado, dia 06.

Dirlei observou que o fim de semana foi muito movimentado em Treze Tílias. Ela elogiou os organizadores das promoções realizadas na cidade.

Dirlei sugeriu a criação de um conselho para deliberar sobre o calendário de eventos, com o objetivo de evitar confronto de grandes eventos, se referindo as festas que ocorreram de forma simultânea no final de semana em Treze Tílias.

Já o vereador Luiz Augusto Perondi Weschendfelder, sugeriu que a criação de um conselho deveria partir de uma indicação.

José da Rocha, reiterou que o calendário de eventos deveria constar na Lei Orgânica do Município, para impedir que ocorram dois eventos na mesma data.

Fonte: Rádio Tropical FM
Mais Notícias