sexta-feira, 31 de maio de 2019

Videira em estado de alerta para possíveis inundações

Saiba quais são os transtornos vividos no município causados pela chuva

Foto: Rua XV de Novembro sendo ameaçada pelo Rio Do Peixe - Douglas Alves

A condição de chuva persistente em Videira nas últimas horas tem deixado a população em alerta, por enquanto os transtornos são pontuais no município, que segue sendo monitorado pela defesa civil municipal, tendo em vista que a previsão para as próximas horas segue sendo de chuva moderada para a região.

NÍVEL


A régua que mede o nível do Rio do Peixe em Videira, que fica junto a passarela que liga as Ruas XV de Novembro com a Antônio Fávero (Beira Rio) registrava a altura de 3,80 m acima do nível normal. A foto feita por Douglas Alves é das 08h40min desta sexta-feira, 31.

Foto: Régua indica o nível do Rio do Peixe na área central de Videira – Douglas Alves

Na rua XV de Novembro, umas das principais de Videira, a água do Rio do Peixe já chega perto do nível da rua, na manhã desta sexta-feira.


O Rio das Pedras, que passa atrás do Estádio Municipal Luiz Leoni, no bairro Alvorada, também já ultrapassa as margens e vai ganhando o gramado nos arredores do campo e atrás da arquibancada.

Foto: Rio das Pedras transborda nas imediações do Estádio Municipal Luiz Leoni 
– Neocir Camargo de Godói

Outro ponto que sofre constantemente com enchentes é o bairro De Carli, que tem em seus arredores a presença do Rio Das Pedras. A Rua Santa Maria já está em situação de risco, caso a chuva não dê trégua, o rio poderá invadir a rua.


No Loteamento Linha Bonita, imediações do bairro Amarante, houve também o registro de um deslizamento de terra próximo de algumas residências. Não houve danos patrimoniais, mas o local segue sob supervisão.

Foto: Linha Bonita registrou deslizamentos ainda na quinta-feira, 30 – Jonas Luiz Santos


A Linha XV de novembro entre os municípios de Rio das Antas e Videira também vive situação delicada, em alguns pontos da comunidade, a água superou as margens do Rio XV de Novembro, alagando a rua e impedindo a passagem de Veículos.

Foto: Acesso a linha XV de Novembro tomado pelas águas – Rudinei Lenz

AULAS


As aulas desta sexta-feira, 31 de maio, estão suspensas na Escola Municipal Gabriel Bogoni, no bairro Carboni. O motivo é o acesso aos portões da escola pela rua Anita Garibaldi, que ficaram sem acesso pela água do Rio do Peixe que avançou sobre a rua. Outra escola que está com aulas suspensas nesta sexta-feira, 31, é a Anísio Rachadel de Oliveira, mantida pelo estado de Santa Catarina, para o acesso à edificação é necessário a passagem sobre um riacho que está com nível alterado, o que coloca os alunos em risco.

Foto: Rua Anita Garibaldi, no bairro Carboni é tomada pelo Rio do Peixe – Douglas Alves

Nas últimas 48h a quantidade de chuva registrada em Videira esteve em torno de 73 mm. Em Caçador, o volume acumulado no mesmo período foi ainda maior, cerca de 160 mm.

TENDÊNCIA


Nesta sexta-feira, o tempo deve permanecer encoberto com chuva em todas as regiões de SC, especialmente durante a manhã. Não se descarta a possibilidade de descargas elétricas e temporais localizados. No decorrer do dia a chuva deve diminuir, com melhora do tempo especialmente do oeste ao sul do Estado. A temperatura deve permanecer amena, sem grande variação.

Fonte: Rádio Vitória
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil