quinta-feira, 30 de maio de 2019

Filho de 'Seu Madruga' divulga trailer do documentário sobre o pai


O primeiro trailer do documentário que vai contar a história de vida do ator Ramón Valdés, eternizado como o personagem "Seu Madruga"da série mexicana "Chaves", foi divulgado pelo filho do ator e um dos idealizadores do projeto, Esteban Valdés, nesta semana. O documentário vai se chamar "Con Permisito dijo Monchito" ("Licencinha para o Madruguinha", na tradução livre) um dos bordões mais famosos do personagem.

O trailer mostra trechos das entrevistas concedidas por um dos irmãos do ator, Antonio Valdés, e seus filhos Araceli, Carmen, Jorge e Esteban. Também participam do documentário María Antonieta de Las Nieves, Carlos Villagrán e Édgar Vivar, que interpretaram respectivamente Chiquinha, Quico e o Senhor Barriga na série.

Ramón Valdés morreu em agosto de 1998, aos 64 anos, vítima de um câncer no estômago. Até hoje é considerado um dos mais importantes comediantes da América Latina. Para conter a saudade dos fãs do "Seu Madruga", um dos netos do ator, Miguel Valdés, atualiza um perfil no Twitter com fotos e curiosidades sobre a carreira do avô.



"Con permisito dijo Monchito" Trailer https://youtu.be/ovDamAQh7Pw  vía @YouTube Hola amigos cómo están??? Pues no pude aguantar más y mañana a las 12:00 será el estreno del trailer completo de el canal. Espero de corazón que les encante.

Em uma entrevista recente ao site argentino "Teleshow", Miguel declarou que a ideia inicial era apenas escrever um livro sobre a carreira do avô.

— Meu tio Esteban queria escrever sobre a vida dele do seu ponto de vista e este livro teria um DVD com entrevistas dos três companheiros do meu avô, Edgar Vivar, Maria Antonieta de las Nieves e Carlos Villagrán. Mas, percebendo o valor das entrevistas, decidimos que seria melhor produzir algum material audiovisual. Foi assim que começamos a coletar o depoimento de mais parentes e a gravar — contou.


O neto de Ramón Valdés também esclareceu que o documentário não tem fins lucrativos. A produção completa será publicada no YouTube.

Fonte: O Globo
Mais Notícias