Pesquisar em Tílias News

Últimas Notícias

quarta-feira, 10 de abril de 2019

À espera de 5: Mulher de Chopinzinho grávida de quíntuplos

Uma notícia chamou a atenção no início desta semana no município de Chopinzinho. O casal Anieli Kurpel e Luiz Fernando Araújo, foram surpreendidos pela notícia de que ela está grávida de quíntuplos, ou seja, está esperando 5 bebês.


Foto: Reprodução

Anieli está entrando no segundo mês de gestação e está recebendo acompanhamento médico semanal, tendo em vista se tratar de uma gravidez de alto risco. A notícia se espalhou rapidamente, tendo em vista se tratar de um fato raríssimo, sendo que em Chopinzinho, no sudoeste e em todo o estado do Paraná, esse é o primeiro caso de quíntuplos. No Brasil também são poucos casos registrados na história.

Nesta terça feira, dia 09, a equipe de reportagem da Rádio Chopinzinho FM esteve na residência do casal para falar sobre o fato que vem chamando a atenção de todo mundo. Luiz Fernando disse que tudo começou quando o casal decidiu ter um filho de forma natural, e desde então a uns 4 meses começaram a tentar, porém, neste último mês sua esposa começou a sentir algumas dores que não eram normais, e então desconfiou de uma posível gravidez, onde decidiram fazer um teste de sangue no qual deu negativo. Porém, segundo ele, chegou o dia normal e a menstruação de sua esposa não veio, o que deixou o casal desconfiado e esperançoso que ela pudesse estar grávida.

Foi aí que resolveram fazer outro exame de sangue para tirar de vez esta dúvida, afinal queriam muito um filho e foi quando tiveram o tão esperado positivo, sendo que logo após procuraram um posto de saúde para consultar com um ginecologista.

Na primeira consulta ficaram felizes pois ele confirmou que Anieli estava grávida, e então foi marcado uma ultrassom para o mesmo dia, pois às dores eram intensas. Realizaram essa ultrassom no dia 14/03/2019, onde tiveram a triste notícia de que segundo o médico, não seria uma gravidez, e sim, um grande cisto no ovário e por isso segundo ele, as dores e os sintomas que seriam muito idênticos ao de uma gravidez.

Sendo assim, o médico receitou alguns remédios para ajudar a descer a menstruação e acalmar as dores. O médico também orientou o casal a monitorar com exames BETA HCG QUANTITATIVO para afastar uma possível gravidez ectópica.

Depois disso, o casal ficou arrasado, mas mesmo assim, não perderam as esperanças e ninguém tirava do coração e da cabeça de Anieli que realmente ela estava gravida, e por isso, decidiu não tomar os remédios e esperar mais um pouco. Em seguida fizeram vários exames nas semanas seguintes para acompanhar e a cada semana uma surpresa, pois os resultados eram cada vez maiores e mais positivos.

No dia 25/03/2019, Anieli fez uma nova ultrassom, pois a cada dia as dores e sintomas de gravidez aumentavam, e mais uma vez o resultado foi decepcionante, pois não apareceu nada novamente, somente vários cistos pequenos no útero, que segundo o médico, também poderia ser uma gravidez de poucas semanas e por isso poderia não aparecer o saco gestacional. Essa notícia deixou o casal mais preocupado, e na segunda feira 01/04/2019, resolveram voltar ao posto de saúde, tendo em vista que Anieli não estava se sentindo nada bem. Consultaram com uma nova ginecologista, a qual na mesma hora falou que poderia ser uma gravidez molar o que é muito grave e precisaria ser feito um procedimento de corretagem e retirada do ovário esquerdo. No mesmo dia ela foi encaminhada para um especialista para fazer o procedimento e interná-la no hospital.

O casal mais uma vez ficou desesperado, mas foram para o hospital na consulta com o Dr Tiago C. Wainberg, o qual na hora tratou de acalmá-los e passou então, a examinar a Anieli e disse que não era para se preocuparem, pois ele não via necessidade de fazer o procedimento e falou que ela estava sim grávida, só precisavam achar aonde estava esse bebê.

Foi marcado uma nova ultrassom para quatro dias depois, o que deixou o casal ainda mais angustiado, pois, as dores só aumentavam. Chegado o dia da nova ultrassom, na sexta-feira, dia 05 de abril, o Dr começou a fazer o exame e logo no início, Anieli disse que viu no semblante do médico um olhar de espanto, mas ao mesmo tempo emoção pois segundo ele jamais teria visto algo assim o que deixou ela ainda mais preocupada pois o mesmo tinha dito que, beta altíssimo ou era gravidez ou era câncer.

Anieli disse que ficou sem entender o que estava acontecendo começou a ficar apavorada, pois o Dr logo pediu onde estava seu esposo, o qual tinha saído para fechar a casa que estava começando a chover, mas que ele já iria retornar. O médico disse que precisava dar uma notícia para os dois.

Quando Luiz Fernando chegou, o médico deu a notícia que Anieli estava grávida, mas não era uma gravidez comum. Dr Tiago falou para a enfermeira chamar todo mundo, pois era um fato histórico a notícia que ele iria dar, foi quando disse que ela estava esperando cinco bebês e todos estavam muito saudáveis. Depois disso, ele mostrou os batimentos cardíacos de todos os bebês.

Luiz Fernando disse que num primeiro momento ficaram em choque, mas ao mesmo tempo agradeceram a Deus pela benção. Luiz destacou que este seria seu primeiro filho, pois sua esposa já tem um filho de 6 anos do seu primeiro relacionamento, o qual é como se fosse seu filho também.

O casal disse que decidiram compartilhar essa história, pois acreditam que ninguém esteja preparado para ter 5 filhos de uma só vez, então como Anieli está desempregada e moram em um apartamento pequeno, com certeza vão precisar de toda ajuda possível, mas nem por isso o casal desanimou e estão ansiosos e muito felizes para a chegada dos novos membros da família.


Gravidez rara

O primeiro filho de Anieli, Davi, teve as preces mais que atendidas. A jovem conta que o menino queria muito um irmão. Agora, serão cinco de uma vez. "Ele está muito feliz", diz.

O caso, que repercutiu na cidade de 19 mil habitantes, também virou motivo de curiosidade entre médicos. O ginecologista Tiago Wainberg foi quem fez o exame de ultrassom em Anieli. Com carreira recente, o médico disse que nunca tinha visto um caso parecido - apenas nos livros.

De acordo com o médico, as estatísticas mostram que as chances de uma gravidez de gêmeos é de 3,4%. Já no caso de Anieli, quase não há estatísticas de gravidez para quíntuplos. "É um achado médico, praticamente impossível", conta Wainberg.

A gravidez da jovem requer muitos cuidados, segundo o médico, pois é de alto risco.

"Ela é uma paciente muito especial. Vai ser observada semana após semana. Essa paciente vai sofrer alterações no corpo durante toda a gravidez. Tudo que uma mulher grávida passa, ela vai passar cinco vezes", diz o médico.

Além da preocupação com a saúde dos bebês, o casal agora pensa em como irá se preparar. Eles contam que não tem condições financeiras, já que vão precisar de muitas roupas, fraldas e leite.


"Por mais que sejam cinco bebês e na hora a gente ficar assustada, já amo todos e quero todos. Estou bem confiante", comemora Anieli.


Anieli com o filho, Davi, e o marido, Luis Fernando Foto: Arquivo Pessoal

Fonte: Rádio Chopinzinho/ Rádio Tropical FM

Nenhum comentário: