sexta-feira, 1 de março de 2019

Treze Tílias - Editorial com Nereu Lopes de Lima - EDUCAÇÃO NO BRASIL - Parte 2

Paulo Freire, educador, pedagogo, filósofo, escritor, influenciador da pedagogia crítica, formado também em direito. Não exerceu a função de advogado. Preferiu o magistério. Foi um dos fundadores do PT. Foi exilado para o Chile pelo regime militar. Em 1.979 regressou ao país e se tornou celebridade. Através de uma lei de 2012, no governo Dilma, tornou-se oficialmente patrono da educação no Brasil. O ministério da educação adotou sua metodologia no sistema educacional. A base de sua filosofia educacional é o marxismo. Nega a existência de qualquer ser sobrenatural, DEUS por exemplo.  Tem por objetivo modificar a cultura para derrubar a burguesia industrial e a influencia cristã.Nega também a existência de algo externo à natureza. O sistema foi adotado após a segunda guerra mundial e adotado na República Popular da China, Alemanha Oriental, Coreia do Norte, Cuba entre outros países. O método sustenta que as sociedades humanas progridem através da luta de classes, e do confronto entre capitalismo e socialismo. Com o método  construtivista, diminui a influência e o poder do professor e aumenta o poder do aluno. Segundo o qual o professor não é instrumento de conhecimento a ser transmitido. O saber não é algo que se deposita na cabeça do aluno como numa conta bancária. Para algumas pessoas, essa filosofia tem motivado a agressão de alunos contra professores. Paulo Freire é idolatrado por muitos do meio acadêmico e criticado veemente por outros do mesmo meio. Paulo Freire e sua filosofia implantada no Brasil, tem contra si, resultados negativos na educação brasileira. Segundo a organização mundial da educação, o Brasil ocupa a posição de número 79, num ranking de qualidade, que tem a Finlândia, como melhor educação do mundo. Em 1.950 50% da população brasileira era analfabeta. 69 depois, ainda temos 7% de pessoas nessas condições. 60% dos adolescentes não sabem interpretar um texto e 60% tiraram nota 2 em matemática segundo o MEC. O Brasil está entre os 10 países mais analfabetos do mundo segundo a UNESCO. A Filosofia Paulo Freire perde o trono no governo Bolsonaro. O lança chamas já está lançado. A nova filosofia deverá ser de Olavo de Carvalho, jornalista, antropólogo, ensaísta e escritor. Responsável pelo surgimento da nova direita no Brasil. Crítico da filosofia Paulo Freire, o qual define como sacerdócio das trevas. Afirma que a esquerda, realizou uma revolução passiva, revolução sem revolução e conseguiu se infiltrar e dominar as universidades, a cultura, a mídia e a política. Foi indicação sua o nome do novo ministro da educação Ricardo Velez Rodrigues, de Murilo Resende como responsável pelo sistema de avaliação básica do ENEM. Ele Dr. Em economia pela Fundação Getúlio Vargas. Também o secretario de alfabetização Carlos Nadalin, criador do método alfabetização fônico e da escola Mundo Mágico na Internet de Londrinas.

+ Treze Tílias: Editorial com Nereu Lopes de Lima - EDUCAÇÃO NO BRASIL - Parte 1

Fonte: Rádio Tropical FM 
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil