quarta-feira, 13 de março de 2019

Relator aprova projeto que obriga a leitura da Bíblia nas escolas em Balneário Camboriú

O projeto de lei que torna obrigatória a leitura da Bíblia nas escolas públicas de Balneário Camboriú teve parecer favorável do relator, vereador Gelson Rodrigues (PSB), na Comissão de Constituição e Justiça. É a primeira “vitória” de um assunto cercado de polêmica.

Apresentada em novembro pelo presidente da Casa, vereador Omar Tomalih (PSB), a proposta prevê que a leitura seja feita antes do início das aulas, por coordenadores ou diretores de escolas – cargos de comissão. A justificativa do vereador diz que a Bíblia é um “código moral” e não trata de uma religião específica.

Alerta

Em dezembro, ao analisar a proposta que obriga à leitura da Bíblia nas escolas de Balneário Camboriú, a procuradoria da Câmara de Vereadores permitiu a tramitação _ mas alertou para uma decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), que considerou uma lei semelhante, da cidade de Içara, inconstitucional, já que o Estado é laico.

A obrigatoriedade pode expor a constrangimento alunos que não são cristãos. No último censo, mais de 13 mil pessoas disseram seguir outras tradições religiosas em Balneário Camboriú, ou nenhuma.


Fonte: Diário Catarinense
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil