Pesquisar em Tílias News

Últimas Notícias

quinta-feira, 7 de março de 2019

Novo Sítio Arqueológico é descoberto no município de Vargem

Em Vargem são dois pontos pesquisados pelo IPAHN.

Fotos: Divulgação

A equipe do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), órgão vinculado ao Ministério das Cidades, identificou em Vargem um novo sítio arqueológico, que ainda não havia sido cadastrado. O recadastramento ou cadastramento destes locais, está sendo realizado na região pelos doutores em arqueologia Mirian Carbonera e Daniel Loponte.

Fotos: Divulgação

Os dados levantados servirão de base para atualizar os dados do IPHAN. Os sítios são considerados patrimônios históricos. O sítio encontrado é um achado importantíssimo para a pesquisa desenvolvida pelo IPHAN. “Este anel tem tudo. É um anel exterior e um monte central onde os que habitavam enterravam seus mortos. É muito fácil identificar aqui, pois a estrutura está preservada. Este sítio é novo”, disse Daniel Loponte.

 A arqueóloga Mirian Carbonera informa que os grupos que habitavam Vargem são os mesmos dos demais municípios visitados, como Celso Ramos e Anita Garibaldi.

 “Seriam antepassados dos Gês, Caingangues, Xoklengs. São grupos que possuem características culturais bem específicas, que hoje a gente não sabe se os descendentes estão aí ou não, mas arqueologicamente pode-se reconhecer pelo material de cerâmica que eles confeccionavam e por estas estruturas aonde as paisagens eram alteradas.

 Então são desde estas estruturas anelares com montículos centrais ou as estruturas subterrâneas, que eram utilizadas para casas, estocagem de alimentos ou discussões sobre a finalidades delas”, esclareceu Mirian Carbonera.

Estes fenômenos arqueológicos são característicos da Região Central de Santa Catarina, observou ainda a pesquisadora. “Na Região Oeste não se encontram estas estruturas anelares, nem no litoral. É um fenômeno desta parte central de Santa Catarina”, afirmou.

Em Vargem são dois pontos pesquisados pelo IPAHN. A preservação dos locais, disse também a arqueóloga, é prevista em legislação nacional desde 1960, porém, é preciso que haja uma parceria com a comunidade local para que aconteça de fato.


Fonte: Assessoria de Comunicação de Vargem

Nenhum comentário: