terça-feira, 12 de março de 2019

No mês do Dia da Mulher, deputada de SC lança livro com contraponto ao feminismo

Para a parlamentar Ana Caroline Campagnolo, mulheres são o "sexo privilegiado".



Na sexta-feira (8), Dia da Mulher, a deputada estadual Ana Campagnolo (PSL) lançou um livro com um contraponto ao feminismo. Na publicação, ela revê a trajetória do movimento e o confronta com as consequências na história cultural do Ocidente, especialmente no Brasil.

A publicação “Feminismo: perversão e subversão” tem 404 páginas e é a primeira da deputada. “O livro tenta demonstrar que as mulheres são o sexo privilegiado, histórica e socialmente", afirmou a parlamentar.

O lançamento da publicação ocorreu na própria Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis, que divulgou o evento em sua página institucional em uma rede social. O post gerou polêmica, com mais de mil comentários, tanto com críticas quanto com elogios.

O G1 tentou falar com a deputada e aguarda resposta. Ela é formada em história pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), no Oeste catarinense.


A deputada está em seu primeiro mandato na Alesc. Logo após ser eleita, em outubro, ela incitou alunos a filmarem e denunciarem professores que estivessem fazendo "manifestações político-partidárias ou ideológicas". Na decisão mais recente do caso, o ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu determinação que permitia a ela fazer publicações em redes sociais com esse teor.

Fonte: G1 SC
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil