quarta-feira, 20 de março de 2019

Exportações de soja de Santa Catarina aumentam 58%

China foi responsável por 80% das compras, que chegaram a 229 mil toneladas

Produção de soja de SC será de 2,4 milhões de toneladas em 2019(Foto: Angélica Lüersen)

As exportações de soja, incluindo grão, farelo e óleo, dos portos catarinenses tiveram um aumento de 58% nos dois primeiros meses de 2019, com 229,5 mil toneladas, contra 145 mil toneladas do mesmo período do ano passado. Cerca de 80% foi para a China.

Em faturamento o crescimento foi menor, de 45%, passando de US$ 58 milhões para US$ 85 milhões. Essa diferença foi causada por uma redução de preço de cerca de 7% no mercado internacional.

O secretário de Agricultura de Santa Catarina, Ricardo Gouvêa, destacou que os produtos do agronegócio lideram a pauta de exportações catarinenses.

— O agronegócio de Santa Catarina vem demonstrando sua força e conquistando o mercado internacional. O setor responde por grande parte das exportações catarinenses, com destaque para as carnes e agora os produtos do complexo soja. Sinal de que estamos no caminho certo, de que os produtos catarinenses são reconhecidos pela sua qualidade e pelo profissionalismo dos nossos agricultores — disse Gouvêa. 

O frango responde por cerca de 20% das exportações, a carne suína por mais de 7% e, o complexo soja, por quase 7%.

A perspectiva para março não é tão otimista segundo o engenheiro agrônomo do Centro de Socieconomia e Planejamento Agrícola da Epagri, Haroldo Tavares Elias. Uma delas é a promessa de compra de 10 milhões de toneladas dos Estados Unidos pela China, após uma trégua na guerra comercial entre os dois países. Outro motivo é a previsão de crescimento de 10 milhões de toneladas na safra da Argentina.


Em relação à safra de Santa Catarina a previsão é de 2,42 milhões de toneladas, um recuo de 1,4%, causado por uma redução de 3,3% na área cultivada, que foi de 661 mil hectares.

Fonte: NSC TOTAL
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil