sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Morador de Irani que ficou preso por seis anos injustamente deverá receber indenização milionária neste ano

Homem foi condenado por supostamente ter participado do assassinato de um Policial Rodoviário em Vargem Bonita no ano de 1998.


O advogado Éber Bündchen, de Joaçaba, expediu o precatório federal requisitando o pagamento de uma indenização milionária para um homem que ficou preso injustamente por seis anos. O morador de Irani, Jair Dalberti, foi acusado e condenado por supostamente ter participado do assassinato de um Policial Rodoviário em Vargem Bonita no ano de 1998.

Mesmo após ser condenado, Dalberti conseguiu provar que não teve nenhum tipo de participação neste crime. Ele foi sentenciado a 15 anos de prisão e cumpriu parte da pena em Joaçaba até que fosse reconhecida sua inocência. Na época dos fatos, em 2003, devido ao erro jurídico, a defesa pediu indenização de R$ 1 milhão e meio da União que recorreu no Superior Tribunal de Justiça.


Corrigido o valor deve ser de três vezes mais ao que foi pedido inicialmente e poderá ser pago até o mês de dezembro de acordo com o advogado.



Com informações de Atual FM

Fonte: Éder Luiz
Mais Notícias

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil