Pesquisar em Tílias News

Últimas Notícias

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Agricultores de Videira apostam na produção de pitaya

Conhecido como Sítio da Pitayas, a propriedade de Douglas Pellissari e Adriano Scussiato abriga 0.7 hectares da produção


Agricultores do interior de Videira estão se preparando para o início da colheita da pitaya, planta exótica que está sendo cultivada de forma pioneira no município desde 2018, quando foram colhidas as primeiras unidades.


Conhecido como Sítio da Pitayas, a propriedade de Douglas Pellissari e Adriano Scussiatto abriga 0.7 hectares da produção de três variedades, já que o projeto começou há pouco mais de um ano com caráter experimental. Douglas conta que a maior preocupação era a adaptação da planta ao clima regional, que é frio e pode causar a morte da cultura.




Por ser uma fruta de clima quente, tendo boa produção quando exposta a temperaturas que variam de 18°C à 26°C, os agricultores de Videira encontraram bastante dificuldades para o cultivo. Não apenas no que se refere aos aspectos meteorológicos, mas também no que toca ao manejo, já que é uma fruta que aflora toda noite e fecha-se durante todo o dia, explica Adriano.


Ainda conforme o agricultor, a produção está sendo boa, gerando aproximadamente 3 quilos por planta. A busca também está sendo grande, não só de produtores da região, mas também de outros estados. Fator que cria boas expectativas de vendas para os videirenses.


Benefícios


Entre as diversas propriedades da pitaya, a que mais se destaca é sua propriedade termogênica que potencializa a queima de gordura favorecendo o emagrecimento. As propriedades medicinais da fruta são velhas conhecidas dos povos nativos do Velho Mundo, e hoje sabe-se que são ricas em fibras e minerais possuem quantidade significativa de antioxidantes e previnem radicais livres. Há estudos que consideram que o consumo de pitaya pode aumentar a excreção de metais pesados, diminuir colesterol e regular a pressão sanguínea. Comê-las regularmente alivia doenças crônicas do sistema respiratório.



Fonte e Fotos: Rádio Vitória AM/ Rádio Videira AM

Nenhum comentário: